Frente Parlamentar vai propor recursos para Bombeiros Voluntários no Orçamento do RS

Além de promover e fortalecer o serviço no estado, frente vai em busca de verbas para as instituições

Por Portal de Notícias 03/10/2019 - 08:10 hs
Foto: Luiz Morem / ALRS
Frente Parlamentar vai propor recursos para Bombeiros Voluntários no Orçamento do RS
Frente parlamentar foi instalada na Assembleia Legislativa

Porto Alegre - Na tarde desta quarta-feira (2/10), foi instalada na Assembleia Legislativa a Frente Parlamentar em Defesa dos Bombeiros Voluntários do RS, presidida pelo deputado Elton Weber (PSB), que foi bombeiro voluntário em Nova Petrópolis. O objetivo é promover e fortalecer o serviço no estado.

- Sabemos que, nem sempre, o braço do Estado chega a todos os municípios. Em grande parte dos municípios temos os bombeiros militares e em tantos outros temos os bombeiros voluntários - explicou o parlamentar.
Ele destacou que a intenção da Frente Parlamentar é que mais municípios possam ter bombeiros voluntários, com apoio dos poderes públicos estadual e municipais, informando que irá propor, no Orçamento do Estado para 2020, uma rubrica com recursos para as corporações de bombeiros voluntários.
- A Frente Parlamentar gaúcha em Defesa dos Bombeiros Voluntários vem fortalecer o trabalho que os 51 quartéis vem realizando no Estado e se somar a Frente Parlamentar Federal que foi criada no início do ano – destaca o presidente co Corpo de Bombeiros Voluntários de Butiá e Minas do Leão, Joel Maraschin.

EXEMPLOS NO ESTADO

O prefeito de São Sebastião do Caí, Clóvis Duarte, informou que o município já possuiu uma corporação de bombeiros voluntários há 24 anos e que a atuação deles é essencial para a segurança da cidade. Destacou que, em 2019, a união entre a Prefeitura, bombeiros voluntários e a comunidade viabilizou a compra de quatro caminhões e uma plataforma para atendimento de incêndio em prédios altos e precipícios. O ex-deputado e prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, lembrou a importância da atuação dos bombeiros voluntários em episódios como a queda da ponte sobre o Rio Jacuí, entre Restiga Seca e Agudo, em 2010, que deixou cinco mortos. Ainda parabenizou a iniciativa de Weber.
Representando o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, o major Eduardo João Zaniol, disse que os bombeiros militares têm presença física em 94 cidades do RS, o que cobre 75% da população gaúcha. Também enalteceu a iniciativa da Frente Parlamentar e que a corporação está aberta para fortalecer a aproximação com os bombeiros voluntários.

INCERTEZAS


O presidente da Associação dos Bombeiros Voluntários (Voluntersul), Edson Rother, destacou a incerteza sobre o futuro dos bombeiros voluntários, citando a recente revogação por parte do governo do Estado do Decreto 37.313/1997, que tratava sobre o funcionamento dos serviços civis auxiliares de combate ao fogo, de prevenção de incêndios e de atividades de defesa civil.
- Com isso, ficamos um pouco à mercê e à deriva - declarou.
Para Rother, a Frente Parlamentar pode auxiliar os bombeiros voluntários na elaboração de uma legislação específica para trazer segurança jurídica para a atividade.
A Voluntersul protocolou, na semana passada junto ao deputado federal Giovani Cherini uma solicitação de emenda de bancada para compra de caminhões e ambulâncias para os CBVs do RS.
Também se manifestaram os deputados Adolfo Brito (PP), Vilmar Zanchin (MDB), Edson Brum (MDB) e Dalciso Oliveira (PSB). Ainda estiveram presentes os deputados Valdeci Oliveira (PT), Airton Lima (PL), Dr. Thiago Duarte (DEM), Ernani Polo (PP), Fábio Branco (MDB) e Neri, o Carteiro (Solidariedade), além de prefeitos, vereadores e bombeiros voluntários de diversos municípios gaúchos.