Azeitona reduz o colesterol ruim, previne a aterosclerose e melhora a memória

O fruto, em geral é utilizado como complemento em alguma receita, possui nutrientes poderosos

Por Portal de Notícias 02/05/2019 - 14:17 hs
Foto: Banco de Dados
Azeitona reduz o colesterol ruim, previne a aterosclerose e melhora a memória
Conheça os benefícios do fruto

É bem comum vermos matérias indicando os benefícios do azeite, especialmente se ele for de extravirgem. Afinal, esse é um dos principais ingredientes da dieta mediterrânea, que permitiu que povos que da região do Mar Mediterrâneo tivessem longevidade em uma época em que a medicina era precária. Mas quem acaba sendo muitas vezes esquecida nesse processo é a grande estrela desse óleo: a azeitona. Esse pequeno fruto em geral é utilizado como complemento em alguma receita, e pode aparecer tanto na cor verde quanto na preta. Seja lá qual for o seu tipo favorito, uma coisa é certa: ela possui nutrientes poderosos e deve ser incluída na sua dieta.

LEIA TAMBÉM
Empresários investem no cultivo da oliveira e extração de azeite em Triunfo e Arroio dos Ratos

BOM ANTIOXIDANTE

O primeiro benefício da azeitona que merece destaque é que ela é muito rica em vitamina E, que por sua vez é conhecida por ser um ótimo antioxidante. Como o próprio nome diz, essas são moléculas que evitam a oxidação das células, algo que pode gerar o envelhecimento precoce. Ao auxiliar o sistema imunológico, esse nutriente também evita o aparecimento de doenças, que variam de gripes e resfriados a alguns tipos de câncer.

Outro benefício dessa vitamina é que ela auxilia o bom funcionamento do intestino, evitando problemas como a prisão de ventre. Por fim, no caso dos homens ela ainda aumenta a produção de espermatozoides, algo que pode ser muito bom para algumas enfermidades, além de aumentar as chances de um casal conseguir engravidar.

ÍNDICE GLICÊMICO BAIXO

A azeitona também é uma ótima aliada dos diabéticos, já que possui um baixo índice glicêmico. Lembrando que essa medida indica as taxas de açúcar no sangue, o que significa que é algo que qualquer deve ficar atento, e não apenas as pessoas que possuem diabetes. Quem busca perder gordura corporal através do controle da produção de insulina também deve optar por alimentos que possuam baixo índice glicêmico.

COLESTEROL

Rica em gorduras monoinsaturadas, a azeitona ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumenta os do bom (HDL), sendo essencial para o nosso corpo se manter saudável. Isso evita o surgimento de doenças relacionadas ao sistema cardiovascular, aumentando a saúde do coração. Esse ácido graxo, que aparece em quantidades impressionantes na azeitona, também ajuda a prevenir câncer de mama, sendo esse mais um de seus benefícios.

BENEFÍCIOS

As azeitonas são os frutos que dão origem ao azeite de oliva, trazendo benefícios para a saúde como:
* Reduzir o colesterol ruim, por ser ricas em gorduras monoinsaturadas;
* Prevenir aterosclerose, por ser rica em flavonas, que são fortes antioxidantes;
* Prevenir trombose, por ter ação anticoagulante;
* Reduzir a pressão arterial, por facilitar a circulação sanguínea;
* Prevenir câncer de mama, devido às gorduras monoinsaturadas;
* Melhorar a memória e proteger contra retardamento mental.

Para obter seus benefícios, a quantidade recomendada de consumo é de 7 a 8 azeitonas por dia. No entanto, em casos de pressão alta deve-se reduzir a ingestão para 2 ou 3 azeitonas por dia, devido ao sal presente na conserva dessas frutas.

As azeitonas são vendidas em conserva porque o fruto natural é muito amargo, sendo difícil de consumir. Assim, a salmoura da conserva melhora o sabor da fruta, que pode ser adicionada em carnes, arroz, massas, salgados, pizzas e molhos.


RECEITA: PATÊ DE AZEITONA

Ingredientes
* 3/4 xícara de azeitona preta sem caroço
* 100 g de creme de leite light
* 100 g de ricota
* 2 colheres de azeite de oliva extravirgem
* Sal a gosto
Modo de Preparo
Bater todos os ingredientes no liquidificador e deixar na geladeira para gelar. Servir com pãezinhos ou torradas.

AZEITONAS VERDES OU PRETAS

Assim como ocorre com o pimentão
, a coloração da azeitona nada tem a ver com a espécie cultivada, mas sim com o período da colheita. A verde, como o próprio nome indica, ainda está verde, e por isso é mais azeda. Aliás, quando ela é tirada do pé da oliveira é ainda mais amarga, e por isso precisa passar por um tratamento especial para que esse sabor seja amenizado antes de chegar ao mercado ou se tornar azeite.
Já a azeitona preta é o estágio quando o fruto já ficou completamente maduro, e por isso seu sabor não é tão forte, o que permite que o seu tratamento seja menor em relação ao da verde. Além disso, sua versão mais escura possui mais nutrientes, embora também seja mais calórica e menos indicada a quem está fazendo dieta para perder peso. Vale destacar que seja lá qual for a azeitona que você escolher é preciso estar atento ao seu nível de sódio, que é bem elevado, e por isso ela não é indicada a pessoas que têm pressão alta.