Polícia deflagra 89ª fase da Operação Desmanche em Arroio dos Ratos e São Jerônimo

Até agora, o proprietário de um dos estabelecimentos foi preso e foram apreendidas cerca de 20 toneladas de sucatas, armas, munições e drogas

Por Portal de Notícias 19/11/2019 - 14:38 hs
Foto: Divulgação / Polícia Civil
Polícia deflagra 89ª fase da Operação Desmanche em Arroio dos Ratos e São Jerônimo
Em São Jerônimo, foram apreendidas cerca de 15 toneladas de sucatas

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta terça-feira (19/11), a 89ª fase da Operação Desmanche, nos municípios de Arroio dos Ratos e São Jerônimo.
Em um ferro velho de São Jerônimo, foram encontradas duas armas calibre 22 e calibre 20, munições de diversos tipos e dois veículos, um com chassi adulterado e outro roubado também com chassi adulterado. Foram encontradas, também, mudas de cannabis sativa (maconha) e uma estufa para plantio. Serão recolhidas, aproximadamente, 15 toneladas de sucatas automotivas. O proprietário do estabelecimento, localizado na Rua Ramiro Barcelos, em frente ao Bonato Center, foi preso e foram apreendidos um carabina 22 desmontada, uma arma 20 cano duplo, dois ferrolhos de 762, diversas pontas de 32, munições 22 LR, cartuchos de 12, estojos de 12, estojos de 20, uma prensa para recarga, prensa manual de espoletas, espoletas de 12, espoletas 36, munições e estojos de 45, pólvora a granel e uma cartucheira
Outro estabelecimento em Arroio dos Ratos também foi vistoriado e interditado por risco de crime ambiental. O proprietário assinou um termo circunstanciado e ninguém foi preso. Cerca de 20 toneladas de sucata automotiva, somando os dois estabelecimentos, foram recolhidas e encaminhadas à reciclagem.

LEIA TAMBÉM
Dois desmanches são fechados pela Polícia em Arroio dos Ratos

A OPERAÇÃO DESMANCHE


A Operação Desmanche é coordenada pelo Departamento de Inteligência da Segurança Pública (DISP) da SSP e concentra a integração de forças com agentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Polícia Civil, da Brigada Militar (BM) e do Instituto-Geral de Perícias (IGP). A ofensiva já passou por 50 municípios e interditou 134 estabelecimentos irregulares desde seu início, em fevereiro de 2016. A Força-tarefa Desmanche superou, em outubro, a marca de mais de 7 mil toneladas de sucata automotiva retiradas do comércio irregular e encaminhadas à reciclagem. Já foram interditados 132 estabelecimentos, presas mais de 70 pessoas e visitados 50 municípios do Rio Grande do Sul. Até a 88ª edição da operação, foram apreendidas mais de 7 mil toneladas de sucatas irregulares.
A Operação Desmanche visitou, até o momento, 50 municípios do Estado: Aceguá, Almirante Tamandaré do Sul, Alvorada, Arroio dos Ratos, Cachoeirinha, Camaquã, Candelária, Canela, Canoas, Capão da Canoa, Capão do Leão, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Curumim, Eldorado do Sul, Erechim, Estância Velha, Esteio, Estrela, Gravataí, Guaíba, Ijuí, Montenegro, Nova Bassano, Nova Prata, Novo Hamburgo, Parobé, Passa Sete, Passo do Sobrado, Passo Fundo, Pelotas, Portão, Porto Alegre, Rio Grande, Rio Pardo, Santa Maria, Santana do Livramento, São Jerônimo, São Leopoldo, Sapiranga, Sapucaia do Sul, São Sebastião do Caí, São Sepé, Sarandi, Soledade, Tapejara, Taquari, Terra de Areia, Torres, Vera Cruz e Viamão.