Segunda maior cavalgada de prendas do Brasil acontece domingo, em Minas do Leão

No ano passado, 178 prendas participaram das atividades

Por Portal de Notícias 11/10/2019 - 09:28 hs
Foto: Ascom / Pref. Minas do Leão
Segunda maior cavalgada de prendas do Brasil acontece domingo, em Minas do Leão
No ano passado, 178 prendas participaram das atividades

A oitava edição da Cavalgada das Prendas de Minas do Leão ocorre no próximo domingo (13/10). Trata-se da segunda maior cavalgada de mulheres do Brasil, atrás apenas de Cambará do Sul. No ano passado, 178 prendas participaram das atividades. A cavalgada tem 12 horas de atividades, começando pela recepção das prendas e cavalos às 6h, quando será servido café da manhã e feita a verificação dos exames dos animais e a GTA (Guia de Trânsito Animal). Isso ocorrerá em frente à caixa d'água Corsan.

O percurso inicia às 8h. As cavaleiras percorrerão um trecho de 26 km entre o Centro da cidade e o Piquete Os Buenachos, que fica na Ponte de Arame, em Butiá. Durante o almoço, haverá show da banda Impacto da Vaneira e, na sequência, atividades recreativas. A cavalgada deve iniciar o retorno ao Centro às 15h30.
Amanda Abreu, uma das coordenadoras da cavalgada, ressalta que o objetivo é destacar o papel da mulher não apenas no culto às tradições gaúchas próximo ao mês farroupilha, mas durante todo o ano nas atividades da pecuária e agricultura.
- A mulher tem papel fundamental neste setor, um dos mais importantes do nosso Estado. Fazemos a Cavalgada das Prendas há oito anos sempre buscando destacar o nosso papel, mostrar que podemos, sim, andar a cavalo e praticar esportes que o meio tradicionalista nos proporciona igualmente. Esse dia é um momento que fica marcado no coração de cada uma, reforçando a importância e valor que todas nós temos, algo pra ser indescritível, emocionante, para termos orgulho de onde viemos e de onde somos – comenta Amanda.
A cavalgada somente aceita a participação de mulheres. Na inscrição, cada participante doou um quilo de alimento. O montante arrecadado já está sendo destinado a famílias do município que necessitam. A organização também exige que todos os animais tenham exames de mormo e anemia, além da GTA em dia.