Ex-presidente desvia R$ 28 mil da Liga das Equipes da Gincana de São Jerônimo

Entidade garante a realização do Festival de Artes Cênicas e que a qualidade dos espetáculos não será prejudicada

Por Portal de Notícias 11/09/2019 - 00:13 hs
Foto: Marcos Essvein
Ex-presidente desvia R$ 28 mil da Liga das Equipes da Gincana de São Jerônimo
Liga sereuniu na noite desta terça-feira

Na noite desta terça-feira (10), a Liga Independente das Equipes da Gincana Cultural de São Jerônimo (LIEGCSJ) se reuniu para deliberar sobre as medidas a serem adotadas em relação ao desvio de parte dos recursos da entidade, bem como sobre o afastamento do presidente Giovani Weiss, apontado como único responsável pelo desfalque.
De acordo com os representantes da Águia de Fogo, Força SK, Medonhos e Poupança, Weiss atrasou o repasse dos recursos às equipes e, ao ser pressionado, assumiu a responsabilidade pela apropriação indevida de R$ 28 mil, transferidos da conta da Liga na Caixa Econômica Federal para sua conta pessoal. A confissão ocorreu durante reunião realizada na noite de segunda-feira (9), envolvendo a Liga e a Opinião Produtora, empresa que comprou o evento deste ano pagando um cachê de R$ 108 mil, obtidos pela Lei Rouanet, a ser dividido entre as equipes. O valor foi repassado integralmente pela Produtora à Liga, mas Weiss, o único que tinha acesso à conta bancária, se apropriou de parte do recurso.

LEIA TAMBÉM

36ª Gincana Cultural de São Jerônimo inicia dia 14 com novidades

Durante a reunião, segundo informaram os integrantes da Liga, a Opinião Produtora cobriu o valor desviado para que o Festival de Artes Cênicas, que acontece no próximo sábado (14), não fosse prejudicado. Porém, a Liga terá de ressarcir a Produtora e para isso utilizará recursos do percentual a que tem direito sobre a copa e a venda de ingressos do Festival.
Diante disso, o Conselho Fiscal deliberou pelo afastamento de Giovani Weiss da presidência e, ainda, pela adoção das medidas cabíveis nas esferas cível e criminal a fim de recuperar o dinheiro. Após a reunião, a Liga emitiu nota de esclarecimento sobre o fato (leia no final da matéria).
Com o afastamento de Weiss, quem assume temporariamente é o vice-presidente, Anderson Santos da Silva, até que os estatutos sejam reformulados e ocorra nova eleição de Diretoria. Durante a reunião da noite desta terça-feira, Silva e os demais integrantes das equipes ressaltaram que tanto a Opinião Produtora quanto as Lojas Lebes, patrocinadora máster do evento, cumpriram todas as suas obrigações contratuais e não têm qualquer responsabilidade sobre o ocorrido. Além disso, garantiram que a qualidade do espetáculo será mantida.
- Que fique bem claro que (o desvio) é uma situação interna da Liga. A questão do projeto da Lei Rouanet, da Lebes, da Opinião Produtora, tudo foi feito de maneira correta e os valores foram repassados para a Liga. O que não ocorreu foi a integralização de parte do valor para as equipes – disse Silva.
A Liga teme, no entanto, que este fato isolado, cometido por apenas um de seus integrantes, acabe prejudicando a imagem de todos os demais junto à comunidade e futuros patrocinadores.
- Não foi a Liga quem desviou os recursos, foi apenas um membro e vamos provar isso – disse Mary Chaparro, da Força SK.
RECURSOS DO MUNICÍPIO - A Liga aguarda ainda a definição do valor a ser repassado pela Prefeitura Municipal de São Jerônimo para o evento. Este repasse ocorre todos os anos e não será utilizado para cobrir o desfalque, já negociado com a Produtora.
ORGANIZAÇÃO – A organização do Festival de Artes Cênicas é inteiramente de responsabilidade da Opinião Produtora, que comprou o espetáculo e se encarregou da contratação de todos os serviços como copa, segurança e outros. A produtora vai pagar, inclusive, o aluguel do ginásio de esportes.

CONTRAPONTO

Na tarde desta terça-feira, Weiss emitiu uma nota assumindo a culpa pelo ocorrido e informando que irá pagar pelo prejuízo.

LEIA TAMBÉM
Presidente da Liga das Equipes da Gincana de São Jerônimo alega que sofreu golpe e se afasta do cargo

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA LIEGCSJ

A Liga Independente das Equipes da Gincana Cultural de São Jerônimo vem, através desta, prestar esclarecimentos a toda a comunidade.
No dia 9 de setembro, os representantes da LIGA tomaram conhecimento de que 28 mil reais, que deviam ser repassados para as equipes, foram desviados da conta da LIGA, na Caixa Econômica Federal. O único representante que tinha acesso a essa conta, era o então Presidente da LIGA.
Após tomar conhecimento do fato, o Conselho Fiscal, formado pelos presidentes das quatro equipes, decidiu por unanimidade afastá-lo do cargo.
O vice-presidente, Anderson Silva, assume a Presidência da Liga. O restante da diretoria já estabelecida, segue igual.
Ressaltamos que a Opinião Produtora, os patrocinadores e os demais membros da LIGA, não possuem nenhuma responsabilidade perante os fatos relatados nesta nota.
Todas as medidas nas esferas cível e criminal estão sendo tomadas pela LIGA.
O Festival de Artes Cênicas, marcado para ocorrer no próximo dia 14 de setembro, ocorrerá normalmente como em todos os anos e aguarda a presença dos Gincaneiros de todo o Estado.