Agergs propõe reajuste menor do que o sugerido pela Corsan na conta de água

Em audiência realizada hoje, Agência propôs o índice de 7,30%. Como não houve consenso, Corsan e Agergs voltarão a se reunir para rever planilhas

Por Portal de Notícias 13/05/2019 - 18:57 hs
Foto: Banco de Dados
Agergs propõe reajuste menor do que o sugerido pela Corsan na conta de água
Nova reunião entre Agergs e Corsan vai definir o índice final

Depois de a Corsan ter sugerido reajustar a conta de água em 13,54%, a Agergs propôs, com base em cálculos realizados dentro da agência reguladora, um percentual menor de revisão de 7,30%. O índice foi informado oficialmente em audiência pública realizada nesta segunda-feira (13) na sede da entidade.
O primeiro percentual sugerido pela Corsan à Agergs, há algumas semanas, foi de 25,75%. A companhia, porém, revisou suas planilhas e apresentou na sexta-feira (10) um novo cálculo, estabelecido em 13,54%.
Agora, como não houve consenso no índice de reajuste na audiência pública, Corsan e Agergs voltarão a se reunir para rever planilhas e cálculos e chegar a um número definitivo.
A revisão tarifária é diferente do reajuste anual automático da conta e ocorre de cinco em cinco anos. Ela é colocada em prática para atualizar os custos da estatal para fornecer água e demais serviços. Sob o guarda-chuva da Agergs estão 280 municípios.
Ainda não há prazo para o reajuste entrar em vigor. Até o dia 31 de maio as agências reguladoras devem informar à Corsan o resultado de seus estudos sobre a revisão tarifária. Se a Corsan concordar com o índice proposto, o aumento passaria a valer 30 dias depois de publicada a nova tarifa.