Vacinação: AMRIGS reforça importância da imunização

Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) lembra que a vacinação é um ato de proteção pessoal e de toda comunidade

Por Portal de Notícias 11/04/2019 - 15:31 hs
Foto: Marcelo Matusiak
Vacinação: AMRIGS reforça importância da imunização
A campanha para a vacinação vai até 31 de maio em todo o país

O lançamento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que ocorreu nesta quarta-feira (10), em Porto Alegre (RS), no Centro de Saúde Modelo, marcou o início de um árduo trabalho que espera informar, proteger e garantir que a população tenha consciência da importância de se vacinar. A médica e diretora do Exercício Profissional da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), Niura Terezinha Tondolo Noro, salientou a necessidade de ações que vão além do consultório médico.

- A vacinação previne graves doenças como sarampo e influenza, que podem causar a morte. No entanto, ela não atua somente na prevenção. Ela garante qualidade de vida. Para isso, é preciso o empenho de todas as entidades médicas ligadas à saúde no âmbito municipal, estadual e federal com ações efetivas em benefício à atenção primária – afirmou Niura.
Até o dia 22 de abril, as vacinas são destinadas a gestantes, puérperas (45 dias após parto) e crianças menores de 6 anos. Após este período, todo público alvo pode se dirigir aos postos de saúde e se vacinar. O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esteve presente no ato.
- O Brasil tem diversos casos de sucesso em vacinas e seu programa de vacinação sempre foi referência internacional. Através dele, o país conseguiu se livrar de doenças terríveis com a chegada das vacinas — lembrou o ministro.
Representando o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite, salientou que a prevenção é fundamental e exige engajamento de toda a população.
- A meta é termos pelo menos 3 milhões e 800 mil gaúchos imunizados. Para isso, é preciso um envolvimento coletivo, pois se trata de um interesse de todos os gaúchos e gaúchas, evitando doenças e a tristeza das famílias — sintetizou o governador.
A campanha para a vacinação vai até 31 de maio em todo o país. O Dia D será em 4 de maio.