Aplicativo faz pesquisa de preços online para auxiliar consumidor

Disponível para Android de iOS, aplicativo tem as informações atualizadas em tempo real com pesquisa entre estabelecimentos participantes na Nota Fiscal Gaúcha

Por Portal de Notícias 15/03/2019 - 14:35 hs
Foto: Reprodução / Internet
  Aplicativo faz pesquisa de preços online para auxiliar consumidor
Aplicativo pesquisa preços em tempo real

Para fortalecer ainda mais o programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) e garantir benefícios ao consumidor e para a arrecadação do Estado, a Receita Estadual lançou nesta sexta-feira (15) um aplicativo que facilita a pesquisa de preços.
A ferramenta "Menor Preço Nota Gaúcha" (precisa ser procurado com esse nome nas plataformas Android e iOS) permite ao usuário comparar valor de venda de um produto em diferentes estabelecimentos participantes do NFG – atualmente acima de 200 mil.

Por meio de consultas às Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) e às Notas Fiscais de Consumidor Eletrônicas (NFC-e), as informações são atualizadas em tempo real toda vez que um estabelecimento realiza uma venda a varejo com indicação do CPF. O aplicativo adota uma tecnologia que já funciona em outros estados.

De acordo com o secretário da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, o Dia do Consumidor é simbólico para o lançamento do produto, pois amplia o relacionamento do Estado com o cidadão.

- O setor público precisa cada vez mais orientar-se pela transparência, abrindo seus dados e utilizando a tecnologia em prol de novos e acessíveis serviços - disse o secretário, destacando a importância da Procergs no desenvolvimento da solução.

O subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, explicou que o "Menor Preço" vai fortalecer ainda mais o programa Nota Fiscal Gaúcha, que já conta com 1,6 milhão de pessoas cadastradas.

- Queremos dobrar a participação cidadã para a exigência da nota fiscal, o que traz benefícios para entidades e para a arrecadação do Estado - explicou.


RAIO DE PESQUISA PODE SER REDUZIDO OU AMPLIADO


Para a utilização dos serviços, é necessário o cadastro no Nota Fiscal Gaúcha, o que pode ser feito por qualquer cidadão que tenha CPF. Quando um estabelecimento emite uma NF-e ou uma NFC-e, ele previamente autoriza este documento junto à Secretaria da Fazenda. E é com base nessa informação que os valores são atualizados. O raio máximo de pesquisa é de até 30 quilômetros, podendo ser reduzido ou ampliado.

O Nota Fiscal Gaúcha estimula a cidadania fiscal, a concorrência leal, o combate à sonegação e o aumento da arrecadação por meio do estímulo à emissão de documentos fiscais pelas empresas. O programa prevê prêmios em dinheiro, desconto no IPVA e benefícios para entidades sociais indicadas pelos participantes. O Menor Preço reforça a atuação do NFG com maior estímulo à emissão de Notas Fiscais e, consequentemente, aumento da arrecadação do ICMS.