Canceladas consultas com especialistas no Hospital de São Jerônimo

Crise financeira poderá afetar também os atendimentos de urgência e emergência no HSJ, que é referência na região

Por Portal de Notícias 07/02/2019 - 11:49 hs
Foto: Banco de Dados
Canceladas consultas com especialistas no Hospital de São Jerônimo
Hospital de São Jerônimo é referência na região Carbonífera

A crise financeira que atinge a Saúde do Estado gera reflexos para os pacientes da região Carbonífera, que tiveram as consultas com especialistas canceladas no Centro de Especialidades do Hospital de São Jerônimo (HSJ), referência na região.

Esta realidade havia sido comunicada pela direção do Hospital aos presidentes da associação de prefeitos e de vereadores, em reunião realizada na última sexta-feira (1º), já que a instituição tem mais de R$ 3,6 milhões a receber do Estado, referentes a quatro meses e meio de repasses da contratualização.
Com este atraso, o HSJ não consegue pagar os médicos especialistas ou mesmo os funcionários, que já estão com três meses de salários atrasados.
De acordo com o administrador do HSJ, João Batista Pozza, foram canceladas as consultas de otorrinolaringologia, cardiologia, ginecologia, proctologia, oftalmologia e as cirurgias eletivas, todas pelo SUS.
- É bem provável que continuaremos atendendo somente as urgências e emergências, pois os outros médicos do atendimento eletivo, as especialidades, deverão acompanhar os colegas e suspender os atendimentos. Porém, os médicos do pronto socorro também não estão recebendo e já estão nos deixando. Deveremos, em curto espaço de tempo, enfrentar problemas também nesse setor – revela Pozza.
Na tarde de hoje (7), Pozza terá um encontro com a secretaria de Saúde de Minas do Leão, representante dos demais secretários da região, para falar sobre a situação enfrentada pelo HSJ.

Leia Também:
Com déficit mensal de R$ 1,3 milhão, Hospital de São Jerônimo pode reduzir atendimentos

O cancelamento das consultas também levou à marcação de uma reunião entre os secretários municipais de Saúde de toda a região para discutir formas de enfrentar o problema. O encontro ocorre na próxima segunda-feira (11), pela manhã, em São Jerônimo, segundo o secretário de Saúde de São Jerônimo, Éderson Pizzio Lopes.
Uma reunião com a secretária estadual de Saúde,
Arita Bergmann, deverá ocorrer também na próxima semana, na tentativa de solução para os repasses em atraso.