Avançar e construir juntos

Vamos continuar lutando para devolver a Minas do Leão e à Região Carbonífera o protagonismo que já teve aos olhos do país

Por Portal de Notícias 26/12/2018 - 12:13 hs
Foto: Reprodução / Internet
Avançar e construir juntos
Miguel Almeida

Miguel Almeida*

Este foi um ano de superação. Diante de um cenário difícil para as prefeituras de todo Brasil – com recursos insuficientes para demandas sérias e necessárias –, vencemos o medo. Os exemplos de vitória sobre a dificuldade são visíveis em nossa cidade. Em Minas do Leão, estivemos juntos e evoluímos de mãos dadas, chegando ao fim deste ciclo convictos de que 2018 foi um período de muito trabalho para gerar trabalho.
O vale-transporte para quem busca o sustento da casa fora da cidade é avanço de todos. O projeto foi criado em 2017 e, este ano, cresceu e se consolidou como uma importante ajuda aos cidadãos. Aliás, poucos municípios do país oferecem esse desconto. O convênio com a Superpan rendeu mais de cem empregos diretos. Com visão de futuro e articulação política, viabilizamos incentivos importantes para instalação e ampliação das unidades da Scala e da Rio Sul.
Mas quando olhamos para o futuro, a convicção é de que 2019 será de sonhos novos para muitas famílias. A Ursa Florestal, por exemplo, está em fase treinamento da equipe recém-contratada. É emprego e renda para quem precisa. A CRVR ampliou a planta, investiu em R$ 84 milhões em tecnologia e acredita nas pessoas daqui: prevê a geração de mais 120 oportunidades. Para todas essas iniciativas e outras empresas que tenham interesse em se instalar ou ampliar seus negócios, o governo municipal será sempre um aliado – pois o trabalho é o caminho que guia nossas ações. 
As obras de pavimentação darão nova vida aos nossos bairros. Serão R$ 2,6 milhões pelo projeto Avançar Cidades – que, aliás, teve Minas do Leão como o primeiro município do Estado a ser contemplado. Também planejamos a ampliação do Posto de Saúde e a canalização da Rua Ulisses Guimarães. Resultados de dedicação e perseverança. E seja dito também: consequência do esmero do funcionalismo da Prefeitura, grandes parceiros na trajetória que trilhamos.
Vamos continuar lutando para devolver a Minas do Leão e à Região Carbonífera o protagonismo que já teve aos olhos do país. Nossa principal matéria-prima, o carvão, precisa ser reconhecida pelos governos como fonte energética insubstituível. Lutamos e nos movimentamos para que ela entre na agenda do Estado e da União e tenha linha de financiamento específica para atrair investidores. Para isso, não faltará disposição de nossa parte.
Ainda há muito por fazer, é claro. Mas ninguém muda nada sozinho. Nem só a prefeitura, tampouco o prefeito somente. Melhorar a cidade é obra coletiva: requer muitas mãos e a força de todos. Só a união transforma. Agradeço a cada leonense por 2018 – pela cumplicidade, pela semeadura positiva de ideias e feitos e pelos resultados extraordinários. Agora, seguiremos em frente com coragem. Minas do Leão precisa de todos nós. Avante!


(*) Prefeito de Minas do Leão