MP investiga deputado por suspeita de irregularidades

Nove mandados de busca de apreensão foram cumpridos no gabinete do parlamentar e em outros locais, incluindo Arroio dos Ratos

Por Portal de Notícias 19/12/2018 - 23:05 hs

O Ministério Público do Rio Grande do Sul cumpriu nove mandados de busca e apreensão no gabinete do deputado Edu Oliveira (PDT). A ação aconteceu nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa além de sete residências e um sítio em Porto Alegre, Eldorado do Sul, Santana do Livramento, São Leopoldo e Arroio dos Ratos. As investigações seguem, conforme o MP.

Conforme as investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Oliveira é investigado por manter funcionários fantasmas e solicitar diárias de viagem fraudulentas.
Também é apurada a prática de concussão, ou seja, a solicitação de partes dos salários dos funcionários do gabinete. Os valores das diárias e partes dos salários teriam sido revertidos para a campanha do deputado, que não se reelegeu.
São investigados ainda os crimes de peculato, falsidades documentais, lavagem de dinheiro e os correlatos atos de improbidade administrativa.