Gerente da Corsan fala sobre abastecimento de água em São Jerônimo

Chefe da agência explicou situação da nova caixa d’água e das obras a adutora

Por Portal de Notícias 10/10/2018 - 17:33 hs
Foto: Marcos Essvein
Gerente da Corsan fala sobre abastecimento de água em São Jerônimo
Reservatório de 500 mil miltros de água está interligado à rede

Na segunda-feira, 8, a população de São Jerônimo ficou sem abastecimento de água da Corsan. Mais uma vez, a causa do desabastecimento foi o rompimento da adutora que transporta a o líquido desde a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Charqueadas até os reservatórios e redes de São Jerônimo. Quando isso ocorre, prelo menos duas questões surgem na cabeça dos consumidores jeronimenses: qual a situação da obra da nova adutora e se o novo reservatório de 500 mil litros está funcionando.
Na manhã desta quarta-feira, 10, o gerente da Unidade de Serviços da Corsan de São Jerônimo, Paulo César da Rosa Lucas, recebeu a reportagem do Portal de Notícias e falou sobre o a situação do abastecimento na cidade.

Nova adutora
As obras da nova adutora, projetada para substituir a antiga, que apresenta constantes rompimentos, estão paralisadas há mais de dois anos.
De acordo com o gerente, o projeto inicial precisou ser readequado para que a instalação dos dutos ocorra no lado direito da rodovia ERS-401, no sentido São Jerônimo-Charqueadas. Isto foi necessário porque as obras de colocação dos canos junto à adutora antiga, que está à esquerda da rodovia, poderiam provocar novos rompimentos e deixar a população mais tempo sem abastecimento.
Além disso, houve problemas com a empresa contratada e uma nova licitação precisará ser aberta para a realização das obras. O processo licitatório dever ser aberto até o final de 2018 e a previsão da Corsan é que os serviços sejam retomados no primeiro trimestre de 2019.

Reservatórios
O reservatório de 500 mil litros construído no pátio da Secretaria Municipal de Obras está concluído e interlidado à rede de distribuição, mas funciona de forma precária. Segundo Paulo César da Rosa Lucas, atualmente o reservatório é abastecido entre meia-noite e cinco horas da manhã com a utilização de uma bomba de recalque de água, porque a atual adutora não tem pressão suficiente. Durante o dia, a água deste reservatório é distribuída normalmente na rede e, como o reabastecimento não é simultâneo, quando ocorrem problemas como o de segunda-feira, que foi no final do dia, ele já está quase vazio e pode haver falta de água para os consumidores.
Com a construção da nova adutora, a água será colocada diretamente no reservatório, fazendo com que o reabastecimento seja automático. Isso evitará a falta de água em caso de problemas na ETA de Charqueadas ou na adutora.
Hoje, a cidade de São Jerônimo conta com seis reservatórios com capacidade total de 1.310.000 litros de água (ou 1.310 metros cúbicos), que são suficientes para garantir o abastecimento de toda a cidade. Só não é possível prever por quanto tempo porque o consumo varia muito de acordo com o horário e os dias da semana.

Comunicação
A falta de água para os consumidores pode ocorrer em duas situações: quando há manutenção programada ou quando há problemas no sistema, como rompimento de redes ou falta de energia elétrica.
A Corsan disponibiliza três meios de comunicação em que o consumidor pode obter informações sobre a situação do abastecimento na sua região:
* Pelo site da Companhia;
* Pelo atendimento 24 horas, no telefone 0800.646.644;
* Por mensagens de celular (SMS) ou e-mail. Neste caso o consumidor deve pedir o cadastro do pelo 0800.646.644 ou dirigir-se até uma unidade de atendimento e preencher um formulário. A Corsan também avisa com antecedência por SMS sobre manutenções programadas. Não é possível fazer o cadastro pelo site.

Corsan vai ampliar produção de água em Charqueadas
A Corsan vai implantar uma nova adutora de água bruta (captação no Rio Jacuí) em Charqueadas. A ordem de início para a execução da obra será dada na próxima quinta-feira, 11, no Gabinete do Prefeito de Charqueadas. No valor de R$ 1.505.755,25, o investimento vai ampliar a produção de água no sistema de abastecimento integrado de Charqueadas e São Jerônimo.
Com 868 metros de extensão e 600 mm de diâmetro, a tubulação a ser instalada é de ferro fundido dúctil e levará água bruta para o sistema de produção (ETA) que abastece os dois municípios. A obra será executada pela empresa Conster Construções Ltda., com recursos do Orçamento Geral da União (OGU), no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O prazo de conclusão é de cinco meses. Será beneficiada toda a população de Charqueadas e São Jerônimo, o que corresponde a mais de 60 mil habitantes.