Projeto para o trânsito do Centro de São Jerônimo: “uma grande rotatória”

Proposta do Departamento de Trânsito prevê mão única em duas ruas, retirada de sinaleiras e ampliação de vagas de estacionamento

Por Portal de Notícias 27/06/2018 - 09:58 hs
Foto: Reprodução / Deptº Trânsito / Divulgação
Projeto para o trânsito do Centro de São Jerônimo: “uma grande rotatória”
Proposta prevê sentido único nas ruas Ramir Barcelos e Cel. Soares de Carvalho

Na noite desta terça-feira, 26, na Câmara de Vereadores, atendendo solicitação da vereadora Elisa Mara Souza, o diretor de Trânsito da Prefeitura Municipal de São Jerônimo, Moisés Delfin dos Santos, e técnicos do Departamento promoveram audiência pública para apresentação e discussão de um projeto de reconfiguração do trânsito no Centro da cidade. O principal ponto da proposta é, no primeiro momento, a implantação do sistema binário (mão única) nas ruas Ramiro Barcelos e Coronel Soares de Carvalho, transformando esse trajeto em uma “grande rotatória”, segundo define o arquiteto e urbanista Gilberto Pradella, um dos autores do projeto.

Fluxo de veículos
O projeto leva em consideração um levantamento realizado em 2015 pelo então diretor de Trânsito, Eduardo Silveira, que apontou que estas duas ruas tinham um fluxo diário de 69,4 mil veículos -  considerando que muitos automóveis trafegam por elas várias vezes ao dia - e, ainda, que o fluxo da Ramiro Barcelos é muito mais acentuado. Além disso, a frota de veículos do município aumentou 35,5%, passando de 7.196 em 2011 (quando foram implantados os semáforos) para 9.751 em 2018.


Como ficaria o trânsito
Pelo projeto, a Rua Ramiro Barcelos passaria a ter sentido centro-bairro entre as ruas General Osório e Bento Gonçalves. A Rua Coronel Soares de Carvalho passaria a ter sentido bairro-centro neste mesmo intervalo. O trecho da Rua Bento Gonçalves atrás da igreja matriz teria mão única entre a Rua Ramiro Barcelos e a esquina da Rua Coronel Soares de Carvalho. Quem trafega pela Rua Rio Branco não poderia mais acessar diretamente o trecho entre a antiga prefeitura e o supermercado Bonato. Também está prevista a retirada dos semáforos da Rua Ramiro Barcelos e, ainda, se estuda a eliminação da sinaleira da Rua Coronel Soares de Carvalho.



Objetivos das mudanças
Segundo os técnicos do Departamento de Trânsito, as mudanças visam dar maior segurança e fluidez ao tráfego reduzindo as paradas nos cruzamentos e aumentando o número de vagas de estacionamento em até três vezes. Também pretendem solucionar pontos críticos onde o estacionamento apresenta maior risco de provocar acidentes. Este é o caso da Rua Coronel Soares de Carvalho no trecho da Prefeitura; da Rua Rio Branco em frente ao Supermercado Bonato e Escola Castro Alves, e, ainda, da Rua Luiz Miller Picarelli entre as ruas Padre Pinto e Bento Gonçalves, que passaria a ter sentido único em uma segunda etapa do projeto.
Além disso, as mudanças propostas aumentariam o fluxo de veículos na quadra compreendia pelas ruas General Osório, Ramiro Barcelos, Barreto Leite e Coronel Soares de Carvalho, gerando desenvolvimento para o comércio desta região.



Controvérsias
Durante a audiência surgiram algumas controvérsias. Uma delas diz respeito a uma possível inversão do sentido de fluxo proposto para as duas ruas principais, visando manter a tendência atual de ingressar no Centro pela Rua Ramiro Barcelos. Também foram levantadas questões como a localização dos estacionamentos oblíquos, paradas de ônibus e mudanças na sinalização horizontal e vertical. Todas estas questões, segundo os técnicos do Departamento de Trânsito, serão solucionadas com a definição do sentido das vias.
Todas as sugestões e apontamentos serão analisados e uma nova audiência será marcada.