Corede VRP define os dez projetos a serem votados na Consulta Popular

Assembleia Regional Ampliada incluiu projetos nas áreas de agricultura, segurança, saúde, educação e turismo na cédula de votação. Município de General Câmara integra este Corede

Por Portal de Notícias 12/06/2018 - 15:45 hs
Foto: Asssessoria de Imprensa do Corede/VRP
Corede VRP define os dez projetos a serem votados na Consulta Popular
Assembleia ocorreu na UNISC, em Santa Cruz do Sul

A região do Vale do Rio Pardo e Centro Serra já pode se mobilizar para defender e votar nos seus projetos na votação da Consulta Popular, entre os dias 26, 27 e 28 de junho. O Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/VRP), no qual está incluído o Município de General Câmara, definiu na Assembleia Regional Ampliada nesta terça-feira, 12, os projetos que comporão a cédula de votação e o rateio dos recursos para a região em 2019. Os projetos contemplam as áreas de agricultura, segurança, saúde, educação e turismo (veja a descrição abaixo).
A Assembleia definiu pela inclusão de dez projetos que contemplam os mais votados nas assembleias municipais e defendidas nas microrregionais realizadas anteriormente. Ficou definido que os cinco mais votados serão contemplados com valor igual de 20% dos R$ 2.902.629,78 que a região terá disponível. A partir de agora, a coordenação estadual terá dois dias para homologar a cédula de votação.

O presidente do Corede Vale do Rio Pardo, Heitor Álvaro Petry, destaca que uma vez definidos os projetos e áreas, além do índice que cada projeto vai ter, agora é o momento da mobilização regional.

- Cabe a cada município mobilizar o máximo de pessoas possível para que consigamos atingir um bom índice de votação - aponta Petry.

Ele destaca que a meta será novamente desempenhar um bom papel na Consulta Popular, a exemplo do ano passado, quando a região foi a segunda maior em votação em relação aos 28 Coredes do Estado.

Petry observa ainda a boa participação no debate dos projetos a serem incluídos.

- O alinhamento das ideias nas assembleias microrregionais foi muito importante para que pudessem ser confirmados os projetos que realmente foram mais votados nas assembleias municipais - citou.

Votação

Para votar, o cidadão deve estar dotado de título de eleitor e acessar o site da Consulta Popular (www.consultapopular.rs.gov.br) entre os dias 26, 27 e 28 de junho. A mobilização dentro dos municípios será importante, pois cada um precisa atingir um percentual mínimo a fim de que seja contemplado com recursos.

Projetos da cédula de votação da Consulta Popular

1-SDR - Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar;
2- SDECT - Apoio aos Arranjos Produtivos Locais;

3- SSP – Reaparelhamento dos órgãos de segurança;

4- SDR – Programa de Apoio e Ampliação da Infraestrutura Rural;

5-SEAPI – Manejo e Conservação do Solo;

6-SES - Ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde, vinculados ao SUS;

7-SES – Aquisição de veículos para a Saúde da Família;

8-SSP - Videomonitoramento e cercamento eletrônico;

9-SEDUC - Implantação de espaços pedagógicos que favoreçam a aprendizagem;

10-SEDACTEL - Regionalização do Turismo

Recursos
O governo do Estado definiu a liberação de 80 milhões de reais para os projetos da Consulta Popular 2018. Esse valor representa 33% a mais do que no ano passado (60 milhões) e será distribuído entre as 28 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) do Estado, de acordo com critérios técnicos, como a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese). O Vale do Rio Pardo vai receber R$ 2,902 milhões no total. Serão destinados para a região quase R$ 1 milhão a mais do no processo realizado em 2017.