Legislativo de Charqueadas pede ao Governo do Estado 50 novos integrantes para a Brigada Militar

Em dezembro, 30 policiais foram destinados ao Município, mas não há garantias de que permaneçam após término do curso

Por Portal de Notícias 14/03/2018 - 09:09 hs
Foto: Divulgação
Legislativo de Charqueadas pede ao Governo do Estado 50 novos integrantes para a Brigada Militar
Soldados em formação vão ingressar no quadro da Brigada Militar em abril.

 

Cauê Florisbal

Tramita na Câmara de Vereadores de Charqueadas uma proposição para que o Governo do Estado destine 50 novos policiais militares ao município. A solicitação foi feita pelo vereador Douglas Tramontini Debom (Tio Xico, MDB), na sessão desta terça-feira,13. Tais policiais, segundo menciona, estão em fase de finalização de curso para ingressar na Brigada Militar e estarão prontos para o trabalho a partir de abril.

Desde dezembro, cerca de 30 novos soldados atuam no 28º Batalhão de Polícia Militar (28º BPM), em diferentes setores, de administrativo ao patrulhamento nas ruas. São policiais que foram chamados no último concurso e estão em fase de conclusão de curso. No entanto, não há, ainda, nenhuma garantida da permanência no Município. Tramontini afirma que a falta de efetivo no 28º BPM não prejudica apenas os trabalhos nas cidade mas, também, dentro do complexo prisional.

- A Brigada Militar vem tendo dificuldades para atender as demandas, tanto dentro, quanto fora das casas prisionais. Antes eram cerca de seis policiais trabalhando, hoje, quando muito, são dois - disse o vereador.

Com sete casas prisionais, Charqueadas é conhecida nacionalmente como a cidade dos presídios. Esse fator será um dos argumentos levado ao secretário Estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer, para que mais soldados sejam destinados a Charqueadas.

- Mesmo sabendo que nosso município tem uma quantidade relativamente boa perto das outras cidades, aqui tem sete penitenciárias, em seguida teremos mais uma e é por isso que vamos tentar sensibilizar o secretário – afirma Tramontini.

A dificuldade em conversar com Cezar Schirmer foi cobrada pelo vereador José Francisco Silva (Chiquinho, PDT), após Tramontini apresentar o pedido. Segundo ele, dos ultimos secretários, Schirmer foi o único que ainda não aceitou a convocação do Legislativo para prestar esclarecimentos à comunidade e ouvir suas revindiações. O presidente do Legislativo, vereador Ubiratan Amaral de Quadros (Bira, MDB), disse que a Câmara de Vereadores cobra a presença do secretário na casa.

- Nós estamos cobrando a presença do secretário, mas eles estão postergando. Ele (Schirmer) ficou de vir na Câmara até o final deste mês - finaliza Amaral.