DNIT apresenta projeto de reforma da Barragem de Amarópolis

DNIT apresenta projeto de reforma da Barragem de Amarópolis

Com 18 eclusas danificadas as águas do Jacuí não são represadas, prejudicando produtores, mineradoras e pescadores

Por Portal de Notícias 06/02/2018 - 09:33 hs
Foto: Divulgação
DNIT apresenta projeto de reforma da Barragem de Amarópolis
Cherini participou do encontro de apresentação do projeto

Nesta segunda-feira, 5, aconteceu no Distrito de Santo Amaro, em General Câmara, uma reunião para tratar da reforma da Barragem de Amarópolis, avariada há vários meses. Das 44 comportas, 20 estão danificadas, prejudicando a navegação, a cultura do arroz, a extração de areia e a pesca. Isso impacta diretamente na arrecadação de impostos dos municípios de General câmara e cidades vizinhas, como Vale Verde, Butiá, Minas do Leão e São Jerônimo.

O coordenador da Bancada Gaúcha no Congresso, deputado Giovani Cherini (PR) participou do encontro, que contou com políticos, produtores e areeiros, com a Administração Hidroviária do Sul (AHSul), que apresentou o projeto para manutenção das eclusas e as dificuldades enfrentadas por quatro barragens: Amarópolis, Anel de Dom Marco e Fandango, no Rio Jacuí, além de Bom Retiro do Sul, no Rio Taquari. Para a restauração completa das quatro barragens, o valor supera a faixa de R$ 110 milhões. Mas a intenção da AHSul é sensibilizar o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil para a liberação de ao menos R$ 70 milhões, o que oportunizaria reparos pontuais.

Com a apresentação do projeto, a próxima etapa é a busca de recursos federais para as obras. Inicialmente o DNIT tinha um orçamento de R$ 20 milhões para reformar toda a barragem de Amarópolis, enquanto que seriam necessários R$ 30 milhões. No entanto, o Ministério dos Transportes teria apenas R$ 6,7 milhões destinados à reforma da barragem. Segndo a AHSul, são necessários aproximadamente R$ 10 milhões somente para recuperação das alças inoperantes.

O deputado federal Giovani Cherini será o porta-voz no ministério. O deputado levará as demandas ao ministro Maurício Quintella Lessa para pleitear os repasses.

Estiveram presentes o prefeito de General Câmara, Helton Barreto; o vice-prefeito Geraldo Dias, o coronel Arlindo Bonete Pereira, superintendente da AHSUL DO Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT; os vereadores João Rodrigues e Jerry Adriano; o presidente do Sindicato Rural,Luis Nogueira; o presidente do Sindicato dos Areeiros, Sandro Almeida; e o prefeito em exercício de Vale Verde, Roque Alvício e outras lideranças.

Leia também:

Lideranças buscam apoio do DNIT para reformar barragem de Amarópolis

Dnit deverá fazer manutenção na Barragem de Amarópolis