Ação popular contra reajuste do Trensurb chega à Justiça Federal nesta terça

Ação popular contra reajuste do Trensurb chega à Justiça Federal nesta terça

MPF de Novo Hamburgo confirmou que vai abrir um inquérito civil para analisar os critérios para aumento da passagem

Por Portal de Notícias 05/02/2018 - 20:07 hs
Foto: Divulgação/Trensurb
Ação popular contra reajuste do Trensurb chega à Justiça Federal nesta terça
Tarifa passou de R$ 1,70 para R$ 3,30

Uma ação popular em nome do PSol-RS e do Sindimetrô, que questiona o aumento de 94% na passagem do Trensurb, será protocolado na Justiça Federal nesta terça-feira. A medida está assinada por parlamentares da sigla e pelos dirigentes do sindicato. Com o reajuste da tarifa, a passagem passou de R$ 1,70 para R$ 3,30 no último sábado.

O reajuste foi autorizado pelo Ministério do Planejamento, respondendo a uma política direta do governo do presidente Michel Temer, que reduziu os subsídios repassados à empresa em 50%. A Trensurb sustentou que não houve aumento de tarifa durante 10 anos mas, nesse período, a variação da inflação ficou em 75%. Nesta tarde, funcionários da empresa e usuários fazem protesto na estação Mercado, em Porto Alegre, a partir das 17h30min.

Ainda na sexta-feira, a União Estadual dos Estudantes (UEE) acionou a Justiça Federal em Porto Alegre para questionar e suspender o aumento da passagem. Em nota, a entidade disse que ingressou com a ação, já que o aumento é abusivo e viola “os princípios dos interesses público”.

O Ministério Público Federal (MPF) de Novo Hamburgo também confirmou que vai abrir um inquérito civil para analisar os critérios para aumento da passagem. Para o procurador Celso Antônio Tres, a mudança representa uma “irresponsabilidade do governo”. (Correio do Povo)

Leia também:

Tarifa da Trensurb aumenta para R$ 3,30 a partir de sábado no RS