Seja bem-vindo
São Jerônimo, RS, 13/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Geada pode comprometer 30% da área de tabaco plantada na região

Porcentagem exata de perdas ainda não foi confirmada, mas estimativas da Associação dos Fumicultores do Brasil apontam para um número considerável

Reprodução
Geada pode comprometer 30% da área de tabaco plantada na região Geada pode comprometer 30% da área de tabaco plantada na região
Publicidade

A plantação de tabaco está sendo fortemente afetada pelas geadas que atingem diariamente a região Carbonífera e Costa Doce nas últimas semanas. A porcentagem exata de perdas ainda não foi confirmada, mas estimativas da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) apontam para um número considerável.

A Afubra de Camaquã abrange uma área de 16 municípios na região: Camaquã, Amaral Ferrador, Arroio dos Ratos, Barão do Triunfo, Barra do Ribeiro, Cerro Grande do Sul, Chuvisca, Cristal, Dom Feliciano, Encruzilhada do Sul, Guaíba, Mariana Pimentel, São Jerônimo, Sentinela do Sul, Sertão Santana e Tapes.

No total, costumam ser plantados 17.887 hectares de fumo nestes municípios. O plantio de 2024, no inverno, já alcançou 65% da área, ou seja, cerca de 11.600 hectares. Destes, segundo estimativas da Afubra, cerca de 30% foram perdidos em razão das geadas. O número ainda não é oficial.

Os municípios da região de Camaquã são adeptos ao plantio do "fumo de inverno". Em São Lourenço do Sul e Canguçu, por exemplo, a prática não é tão comum. Nestes dois municípios, apenas 5% do fumo foi plantado, com um número proporcionalmente menor de perdas em razão das geadas.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.