Seja bem-vindo
São Jerônimo, RS, 13/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Enem 2024: divulgado resultado de pedidos de atendimento especial

Provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro

Marcello Casal Jr. / Agência Brasil
Enem 2024: divulgado resultado de pedidos de atendimento especial Os inscritos devem conferir se a solicitação foi aceita na Página do Participante do Enem
Publicidade

Agência Brasil

Os resultados dos recursos de candidatos que solicitaram atendimento especializado durante o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os inscritos devem conferir se a solicitação foi aceita na Página do Participante do Enem, acessível com login único do portal Gov.br.

Em 2024, as provas do Enem ocorrerão nos dias 3 e 10 de novembro, e a divulgação do resultado final está agendada para 13 de janeiro de 2025. O Ministério da Educação (MEC) ainda avalia a necessidade de aplicação das provas em nova data para os participantes do Rio Grande do Sul, devido à calamidade pública causada pelas chuvas volumosas que atingiram o estado nos meses de abril e maio.

Atendimento Especializado

A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep garante atendimento especializado e diversos recursos de acessibilidade aos participantes que comprovarem a necessidade. Conforme o edital do Enem 2024, os participantes que necessitam de atendimento especializado informaram, no ato da inscrição, a condição que motivou a solicitação, como baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, transtorno do espectro autista, discalculia, gravidez, lactância, idade avançada, ou internação hospitalar para tratamento de saúde.

A situação não contempla participantes internados para realização de partos, cirurgias ou tratamentos esporádicos nas datas de aplicação das provas.

Se a solicitação de atendimento especializado for confirmada pelo Inep, os participantes com cegueira, surdocegueira, baixa visão, visão monocular, ou outra condição específica poderão ser acompanhados por cão-guia e usar materiais próprios, como máquina de escrever em braile, óculos especiais, lupa, luminária e tábuas de apoio. Esses recursos serão vistoriados pelo chefe de sala onde a prova será aplicada.

Participantes com deficiência auditiva, surdez ou surdocegueira deverão indicar o uso de aparelho auditivo ou implante coclear na inscrição. Já as lactantes, nos dois dias de realização do exame, deverão levar um acompanhante adulto que ficará responsável pela guarda da criança durante as provas. A organização do exame não permitirá a entrada do acompanhante e da criança após o fechamento dos portões. Ambos deverão entrar no horário regular dos demais candidatos, e todos deverão cumprir os procedimentos de segurança, como a revista eletrônica com uso de detector de metais.

O edital prevê que, durante a aplicação das provas, qualquer contato entre a participante lactante e o respectivo acompanhante deverá ser presenciado por um fiscal.

Enem

O Enem foi instituído em 1998 e avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término do ensino médio. Os participantes fazem provas de quatro áreas de conhecimento: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza, e matemática, totalizando 180 questões objetivas. Eles também são avaliados por meio de uma redação dissertativo-argumentativa.

O exame é a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil. Instituições públicas e privadas usam a nota obtida no Enem como critério único ou complementar nos processos seletivos, por meio de iniciativas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (Prouni). Os resultados também são usados para acesso a auxílios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Notas individuais do Enem são aceitas em processos seletivos de instituições de ensino superior de Portugal que possuem convênio com o Inep. Esses acordos não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil pelo governo brasileiro. A revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes formados em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira.

Orientações

O portal do Inep oferece um site com orientações para os participantes do Enem, além de uma seção de perguntas frequentes, onde os interessados podem conferir os questionamentos mais comuns e os respectivos esclarecimentos.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.