Seja bem-vindo
São Jerônimo, RS, 13/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Estudantes de Triunfo trocam resíduos plásticos por kits de alimentos e material escolar

Promovido pela Braskem, projeto Plastitroque arrecadou 538 quilos de materiais que serão destinados à Cooperativa AECO

Jeferson Conceição / Braskem / Divulgação
Estudantes de Triunfo trocam resíduos plásticos por kits de alimentos e material escolar Iniciativa mobilizou alunos, familiares e colaboradores da escola, que arrecadaram 538 quilos de resíduos
Publicidade

A Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) Tristão
Pereira da Silva, de Triunfo, viveu uma experiência diferente neste início de
mês ao participar pela primeira vez do Plastitroque. Promovido pela Braskem, o
projeto tem como objetivo estimular o descarte adequado e a reciclagem de forma
lúdica e colaborativa, incentivando a troca de resíduos plásticos - como
garrafas, tampinhas, sacolas e embalagens - por kits de alimentação e material
escolar. A iniciativa mobilizou alunos, familiares e colaboradores da escola,
que arrecadaram 538 quilos de resíduos que serão destinados à Cooperativa AECO,
também de Triunfo.

Depois de recolhidos pelos alunos, os resíduos são pesados e
convertidos nas moedas simbólicas “plasticoins” que são trocados por kits de
alimentos e material escolar. A cada 4 quilos de resíduos, é possível adquirir
duas moedas, valor necessário para receber um kit alimentação ou dois kits
escolares, a critério de cada participante. No total, foram distribuídos 150
kits. A ação foi realizada na última quinta-feira (04/07).

— Economia circular, reciclagem e sustentabilidade são cada
vez mais temas de grande importância para o desenvolvimento dos alunos, uma vez
que contribuem para a construção de uma educação cidadã — destaca a diretora da
escola, Sirlene da Silva Pacheco.

Segundo o gerente de Relações Institucionais da Braskem no
RS, Daniel Fleischer, o projeto é um das muitas frentes de atuação que a
companhia busca desenvolver nas comunidades do entorno de suas operações.

















— São ações simples e práticas como essa que podem fazer a
diferença na formação das pessoas em temas como sustentabilidade e reciclagem,
além de contribuir na geração de renda para trabalhadores das unidades de
triagem ao fomentar a economia circular da região — explica.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.