Seja bem-vindo
São Jerônimo, RS, 13/07/2024

  • A +
  • A -

Golpes virtuais que oferecem emprego se multiplicam no país

Em média, 4 mil mensagens de texto são enviadas por dia para brasileiros com propostas ‘irrecusáveis’ de trabalho. Saiba como se proteger

Reprodução
Golpes virtuais que oferecem emprego se multiplicam no país Golpes virtuais que oferecem emprego se multiplicam no país

Já pensou trabalhar de dez a 20 minutos por dia e ganhar R$ 1,5 mil? Quem é que não vai querer? Mas, para o emprego dos sonhos virar dor de cabeça, é simples. Basta clicar no link que acompanha o fim da mensagem de texto no celular. Além de ser considerado por especialistas como um dos golpes mais cruéis, já que tem como alvo pessoas desempregadas, ele ainda pede que os interessados paguem uma taxa de aplicação na vaga, o que afeta ainda mais quem já está em dificuldades financeiras.
- Com a pandemia e a crise econômica, se observou um grande aumento no número de desempregados. Hoje, já são quase 15 milhões de pessoas em busca de um emprego, que sonham em voltar a ter um trabalho com carteira assinada. Esse cenário se tornou perfeito para golpistas que se aproveitam do desespero e necessidade das pessoas - explica Afonso Morais, CEO da Morais Ad vogados Associados e especialista em recuperação de crédito e fraudes digitais.
Os golpes virtuais se multiplicaram depois do isolamento social. Os criminosos também passaram a atuar mais no meio digital a ponto de, pela primeira vez, os casos de estelionato superarem os de roubo no Rio de Janeiro.
Dados da PSafe, empresa de segurança digital, mostraram que, entre setembro do ano passado e fevereiro deste ano, cerca de 608 mil tentativas do golpe do emprego foram registradas em todo o país, média de 4 mil por dia. No entanto, ainda é impossível saber quantas tentativas ocorreram exatamente já que nem todos os alvos registram a ocorrência.

COMO SE PROTEGER

Quando receber a mensagem do golpe de emprego, tenha cautela e desconfie de propostas “irrecusáveis”, recomendam especialistas – além de se certificar de que os links são seguros.
- Não clique em link que você não conhece, não deposite dinheiro em conta de pessoa que você não conhece, porque tudo isso pode, de alguma maneira, gerar prejuízo - recomenda Marco Antônio Araújo Junior, especialista em direito digital.



Metro e Band

Entre no grupo do Portal de Notícias no Telegram e receba notícias da região


 

Publicidade



COMENTÁRIOS

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.