Gerdau confirma fim do regime de turnos e sinaliza abertura de novos postos de trabalho

Segundo a empresa, deverão ser contratados novos colaboradores para cobrir folgas

Por Portal de Notícias 22/02/2020 - 19:02 hs
Foto: Banco de Imagens
Gerdau confirma fim do regime de turnos e sinaliza abertura de novos postos de trabalho
Segundo a empresa, deverão ser contratados novos colaboradores para cobrir folgas

 

A Metalúrgica Gerdau confirmou que não renovará a cláusula do acordo coletivo que prevê o trabalho em regime de turnos de revezamento na unidade de Charqueadas. Segundo a  empresa, trata-se de uma decisão de negócios, “motivada por um cenário econômico desafiador e, principalmente, pelo entendimento da Justiça do Trabalho sobre esse tipo de regime”.
A decisão foi comunicada ao Sindicato dos Metalúrgicos no último dia 14, o que gerou reação do presidente, Jorge Luiz Silveira de Carvalho, preocupado com os prejuízos econômicos que a decisão poderá causar aos trabalhadores e à economia do município de Charqueadas e da região. Ele estima perdas salariais de cerca de 30% para os empregados da companhia.
------------------
LEIA TAMBÉM
Gerdau de Charqueadas pode reduzir ganhos dos trabalhadores em 30%, diz sindicato
-----------------
Em nota, a Gerdau disse que “as escalas e horários ainda estão sendo estruturados pela empresa, portanto seria prematuro apontar um possível impacto financeiro. Além disso, cada colaborador participará diretamente na definição de seus horários de trabalho, e aqueles que optarem pelo turno da noite contarão com pagamento de adicional noturno”.
Sobre as negociações do acordo coletivo deste ano, a empresa informou que foi antecipada devido a uma exigência da nova legislação trabalhista. “A Gerdau já sinalizou que encontra-se à disposição do SindiMetal para iniciar a negociação, mas até o momento não foi procurada”, diz a nota.
A empresa sinaliza, ainda, com a abertura de novos postos de trabalho na unidade para cobrir as folgas dos colaboradores, “o que trará um impacto positivo para a comunidade de Charqueadas”, finaliza a nota.

LEIA A NOTA NA ÍNTREGRA

A Gerdau confirma que não renovará a cláusula do acordo que prevê o trabalho em regime de turnos ininterruptos de revezamento, em sua unidade de Charqueadas (RS), conforme informado ao Sindicato dos Metalúrgicos (SindiMetal), no último dia 14. Trata-se de uma decisão de negócios, motivada por um cenário econômico desafiador e, principalmente, pelo entendimento da Justiça do Trabalho sobre esse tipo de regime.
Cabe ressaltar que as escalas e horários ainda estão sendo estruturados pela empresa, portanto seria prematuro apontar um possível impacto financeiro. Além disso, cada colaborador participará diretamente na definição de seus horários de trabalho, e aqueles que optarem pelo turno da noite contarão com pagamento de adicional noturno.
A negociação do acordo coletivo deste ano foi antecipada devido a uma exigência criada pela nova Lei Trabalhista, respaldada pelo STF. A Gerdau já sinalizou que encontra-se à disposição do SindiMetal para iniciar a negociação, mas até o momento não foi procurada.
Devido às mudanças, a empresa informa que deve promover a abertura de novos postos de trabalho na região, para cobrir as folgas dos colaboradores, o que trará um impacto positivo para a comunidade de Charqueadas.