Estiagem: São Jerônimo decreta situação de emergência

Nos últimos 45 dias, a falta de chuva prejudicou diversas culturas, a criação animal e provocou escassez de água nas fontes naturais e açudes para o consumo humano e animal

Por Portal de Notícias 08/01/2020 - 18:00 hs
Foto: Ascom / Pref. Sâo Jerônimo
Estiagem: São Jerônimo decreta situação de emergência
Falta de água prejudicou diversas culturas

A Prefeitura de São Jerônimo decretou situação de emergência devido à seca que atinge algumas áreas do município. O decreto foi assinado ontem (7/01), em decorrência da estiagem que atinge os distritos de Morrinhos, Gramal, Quitéria, a localidade Porto do Conde, na zona rural, e o Assentamento Janio Guedes, na zona urbana do município, onde foram constatados prejuízos na safra agrícola de verão.
Segundo a Prefeitura, nos últimos 45 dias a falta de chuva prejudicou as lavouras de milho, melancia, pastagens, a produção de leite, a criação de gado e aves, e, também, provocou escassez de água nas fontes naturais e açudes para o consumo humano e animal.
O decreto autoriza a mobilização dos órgãos municipais para atuarem junto à Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil nas ações de reabilitação do cenário.
-----------------
LEIA TAMBÉM
Governador convoca equipes para discutir providências em relação à estiagem
Agricultura cria grupo para acompanhar efeitos da estiagem no RS
Estiagem: Barão do Triunfo decreta situação de emergência
Minas do Leão vai decretar emergência em função da estiagem
-----------------
Na região Carbonífera, além de São Jerônimo, o Município de Barão do Triunfo já decretou situação de emergência e General Câmara e Minas do Leão também poderão decretar nos próximos dias.
No estado, a estiagem é considerada a mais severa dos últimos sete anos. Até agora, outras 13 cidades estão com decretos oficializados: Mariana Pimentel, Pantano Grande, Ponte Preta, Amaral Ferrador, Camaquã, Chuvisca, Cristal, Encruzilhada do Sul, Passo do Sobrado, Progresso, Santa Cruz do Sul, Sinimbu e Venâncio Aires.