Seja bem-vindo
São Jerônimo, RS, 13/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

João Adolfo Guerreiro

JOÃO ADOLFO GUERREIRO | Zé Márcio

Servidor retornará à SUSEPE após um via-crúcis de aproximadamente 15 anos

Reprodução
JOÃO ADOLFO GUERREIRO | Zé Márcio Zé Márcio foi bem-sucedido na Justiça e que voltará para o serviço público

João Adolfo Guerreiro

— Meu personal, o Pedro, foi quem me informou que o Zé Márcio [José Marcio de Oliveira Ramos] foi bem-sucedido na Justiça e que voltará para o serviço público, após um via-crúcis de aproximadamente 15 anos.

Pedro foi à Câmara de Vereadores para assistir à Moção de Aplauso para sua cunhada Rafaela Marek — já escrevi sobre ela aqui, fez um ótimo trabalho solidário em Guaíba City —, que, dentre outras pessoas e entidades, recebeu o reconhecimento do Legislativo Municipal pelo auxílio voluntário aos atingidos pela enchente de maio. Lá, Pedro ouviu o vereador Chiquinho — que é servidor penitenciário — se referir ao processo de Zé Márcio e seu final positivo.

Fiquei realmente muito feliz, mas bah, trabalhei com o Zé Márcio e sei que ele é um cara 100%, muito boa gente. Na situação ocorrida na PASC, ele foi um dos exonerados a bem do serviço público, o que o impedia de realizar qualquer concursos. Um outro colega, Oberti, igualmente exonerado na ocasião, conseguiu retornar uns cinco anos depois, mas, infelizmente, morreu há pouco, vitimado por grave moléstia. Era também um grande ser humano. Zé Márcio, Oberti e outros colegas chegaram a ser presos provisoriamente na Penitenciária Modulada de Montenegro. Ir pro outro lado da grade, o de dentro, é algo muito pesado e desestruturante para um agente penitenciário.

Contudo, eles tiveram total apoio da categoria penitenciária, principalmente dos servidores do Complexo do Jacuí. No corporativismo da categoria, o apoio ao servidor "enrolado" por estar "emendado com preso", em corrupção, inexiste, mas não era especificamente esse o caso destes. Recordo de estar no bar Hollywood uma certa manhã quando o fato da PASC ocorreu e o Diário Gaúcho — no tempo em que ele custava R$ 0,25 e não 2,00 — publicou o nome e a foto dos nove servidores acusados. Estava no balcão e escutei alguém comentar, ao ler o jornal, que eram corruptos. Não sou de dar palpites em conversa dos outros, mas na oportunidade tive de contrapor, dizendo que conhecia a maioria dos caras e que eles não eram pessoas desonestas. O assunto morreu por aí.

Por fim, depois do Oberti, agora é o Zé Márcio que retorna. Após sua exoneração, passou a trabalhar como pintor de residências e a participar, com destaque, de corridas, atleta que sempre foi. Em outra frente, faz parte dos Bombeiros Voluntários de Charqueadas, atividade onde demonstrou para a comunidade charqueadense o tipo de cidadão que é: em julho de 2022, mergulhou nas águas geladas do Jacuí e salvou uma mulher do afogamento, agindo com bravura; nas recentes enchentes do ano passado e de maio último, esteve sempre na linha de frente dos voluntários à serviço dos atingidos. Acompanhei tudo isso sempre com orgulho de meu colega — sim, nunca deixei de considerar o Zé Márcio como meu colega. Agora, ele estará de volta.

Sábado à noite, em encontro que a Associação dos Servidores Penitenciários de Charqueadas — ASPEC — realizou com o fim de obter recursos a serem destinados aos servidores locais atingidos pela enchente, pude encontrar o Zé Márcio e confirmar a notícia, abraçando-o e felicitando-o. A Superintendência dos Serviços Penitenciários — SUSEPE — e seus servidores ganham muito com o retorno desse grande cidadão.



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.