JOÃO ADOLFO GUERREIRO | A lenda do Cavaleiro sem Cabeça

Ele seria um homem feliz, como os holandeses

- Igor, o cérebro, Igor.
- Não tem cérebro, doutor Victor.
- Como não tem cérebro, Igor?
- Não tem, doutor, a cabeça está vazia, oca.
- Como assim? Onde tu pegou esse corpo, Igor?
- No cemitério de Sleepy Hollow, doutor.
- Sleepy Hollow, Igor! Eu te falei para não ir lá buscar corpos, aqueles holandeses não tem nada na cabeça!
- Era somente lá que havia corpos, doutor Victor.
- Que droga! O que eles estão fazendo com o cérebro dos mortos em Sleepy Hollow?
- Não sei, doutor. Os corpos já são enterrados decapitados.
- Decapitados?
- Sim. Dizem que há por lá, agora, um Cavaleiro sem Cabeça, que procura a sua testando a dos outros. Ele as corta e experimenta na busca de sua cabeça perdida.
- Ah, entendi. E como os moradores de Sleepy Hollow tem a cabeça cheia de vento, não servem para ele, que as descarta, jogando elas no chão. 
- Sim, deve ser isso que tá acontecendo, doutor Victor.
- E nem para nós elas servem, Igor! Como farei um homem sem cérebro?
- Pois é, doutor, eu estava pensando...
- Você? Pensando, Igor?
- Sim, doutor Victor. Eu também tenho as minhas opiniões. Acho umas coisas aí...
- É mesmo? Que coisas?
- Bem, doutor, se os holandeses não precisam de cérebro e vivem apenas com o vento de suas cabeças, felizes, por que a gente não faz um homem sem cérebro, também? Ele seria um homem feliz, como os holandeses.
- Brilhante, Igor, brilhante. Tu parece um fogo de artifício de Natal de tão luminoso.
- Obrigado, doutor Victor...
- Que obrigado, nada, Igor! Estou debochando de você! Ora bolas, onde já se viu, fazer um homem com o cérebro de um holandês cabeça oca?
- Que que tem?
- Como eu daria a vacina da vida nele, Igor?
- O que?
- A vacina, Igor. Como tu acha que o corpo dele ia funcionar sem a vacina da vida? Os órgãos se rejeitariam reciprocamente e ele apodreceria. E tu acha que um holandês cabeça de vento ia aceitar tomar a vacina da vida?
- É, eu não tinha pensado nisso...
- Claro que não, Igor. Vou ter de importar uma cabeça do exterior. Já sei! Vou importar uma cabeça da China.
- Da China, doutor Victor? Não sei se é uma boa ideia...
- É mesmo? Por quê?
- Porque eles são comunistas, doutor Victor.
- E daí? Tu sabia que 30% do que a gente vende pro exterior são eles que compram? E que muita coisa que tu compra em nossas lojas vem de lá, são mercadorias importadas da China? Não vi ninguém se queixar durante esses anos todos de vender e comprar de comunista chinês, ainda. Por que eu não poderia comprar?
- Ah... por que lá tem covid...
- Covid tem em todo lugar hoje em dia, Igor.
- Ah, verdade. Mas sei lá, doutor Victor, não acho que seja uma boa. Vai que as pessoas descobrem que a criatura tem um cérebro comunista da China? O que fariam com ele?
- Verdade, Igor. Então vamos importar um cérebro dos Estados Unidos.
- Ih, doutor Victor, acho que não vai dar, também.
- Por que, Igor? O que que foi agora? Qual é o problema com os Estados Unidos?
- Dizem que o presidente que ganhou a eleição lá é comunista, também.
- Como é? Comunista nos Estados Unidos? Presidente americano comunista?
- Sim, doutor Victor. É o que o pessoal anda falando por aí, nas redes sociais.
- Igor, eu acho que é tu o Cavaleiro sem Cabeça que anda atormentando Sleepy Hollow.
- Eu, doutor Victor?!?! Por que eu, doutor?
- Porque tu parece que perdeu a cabeça e fica pensando somente com a dos outros, acreditando em tudo o que é bobagem que te falam, sem capacidade de discernir sobre a realidade.
- Doutor Victor, o senhor é comunista?
- Igor...