Corpo de Bombeiros de São Jerônimo tem mais efetivo, mas estruturas ainda preocupa

Corpo de Bombeiros de São Jerônimo tem mais efetivo, mas estruturas ainda preocupa

Sargento Eduardo Farias, que assum,iu o comando do CMB em agosto, espera melhorias com a desvinculação da Brigada Militar

Por Portal de Notícias 01/12/2017 - 16:31 hs
Foto: Cauê Florisbal
  Corpo de Bombeiros de São Jerônimo tem mais efetivo, mas estruturas ainda preocupa
Sargenro Eduardo FArias comanda o CBM desde agosto

Cauê Florisbal

Desde o último mês de agosto, o Corpo de Bombeiros Militares (CBM) de São Jerônimo está sob o comando do sargento Eduardo Farias. O quartel, localizado na Rua Délia Drenes, no Centro de São Jerônimo, atende seis municípios da região Carbonífera. Recentemente, houve um aumento no efetivo, mas o CBM ainda enfrenta problemas com as viaturas e a falta de horas extras para manter o plantão.

O Portal de Notícias entrevistou o novo comandante, que falou sobre efetivo, viaturas, área de atuação e o apoio dos bombeiros voluntários.

Efetivo

Segundo Farias, nos últimos meses a quantidade de servidores disponíveis aumentou. Este aumento se deve a desvinculação dos Bombeiros da Brigada Militar. Ele acredita que esta mudança irá melhorar as condições de trabalho da corporação em todo o estado.

- Já tivemos nove bombeiros. Hoje contamos com dezenove e temos vagas para um total de trinta e um. Todos atuam em Arroio dos Ratos, Butiá, Charqueadas, São Jerônimo, Minas do Leão e General Câmara. Depois da desvinculação, ficamos no mesmo nível da Brigada Militar, sendo mais um órgão da segurança pública. Começamos a receber efetivo e estamos para receber mais. Neste primeiro momento os Bombeiros ainda não têm um efetivo administrativo para fazer os trâmites que a Brigada fazia, mas com o tempo vai melhorar em todo o estado – afirma Farias.

Mesmo com o aumento no número de servidores, em alguns turnos o CBM de São Jerônimo fica sem plantão devido a pouca quantidade horas extras liberadas. Segundo Farias, o quartel fecha por volta das 23 horas e, a partir deste horário, o Corpo de Bombeiros de Guaíba atende as ocorrências da região Carbonífera.

 Viaturas

Atualmente, o quartel tem a disposição quatro caminhões, mas devido a problemas de manutenção apenas um está disponível para atender as seis cidades. Farias acredita que em breve terá mais dois caminhões em serviço.

- Hoje estamos com dois caminhões. Um estragou esta semana e outro que está com problema na bomba e será arrumado. Pedimos um emprestado para Canoas, mas estamos para receber de volta dois caminhões arrumados. Neste momento, temos apenas um para atender aos seis municípios – explica Farias.

Voluntários

Farias revela que já teve casos que o Corpo de Bombeiros não pode atender um caso devido ao caminhão estar atendendo outra ocorrência. Neste caso, a alternativa é recorrer aos Bombeiros Voluntários ou ao Corpo de Bombeiros mais próximo.

- Já aconteceu de nós estarmos atendendo uma ocorrência e nos chamarem em outro local. Neste caso, acionamos o Corpo de Bombeiros Voluntários ou o quartel mais próximo do local da ocorrência. Temos um bom relacionamento com os bombeiros voluntários da região e, se eles estão no município com apoio da Prefeitura, para nós é melhor porque é mais um órgão de apoio, mas nós somos os responsáveis pelos municípios – diz Farias.