PDT se posiciona contra pacote de Eduardo Leite

Na oposição desde o início do governo, os trabalhistas já não eram contabilizados pelo Piratini como aliados para as votações dos projetos

Por Portal de Notícias 02/12/2019 - 18:56 hs
Foto: João Silvestre / Divulgação
PDT se posiciona contra pacote de Eduardo Leite
Reunião ocorreu na tarde desta segunda-feira

Após reunião com a presença do presidente nacional do partido, Carlos Lupo, na tarde desta segunda-feira (2/12), a executiva estadual do PDT gaúcho fechou posicionamento contrário ao pacote de projetos encaminhado à Assembleia Legislativa pelo governador Eduardo Leite.
"O PDT é um partido que historicamente busca a qualificação da educação no Brasil e não pode compactuar com projetos que apequenam o trabalho realizado pelos professores, professoras e servidores estaduais", diz comunicado do partido. A nota é assinada pelo presidente estadual, Pompeo de Mattos, e pela líder da bancada na Assembleia, Juliana Brizola.
----------------
LEIA TAMBÉM
Protesto de professores termina em tumulto na frente do Piratini
Servidores estaduais realizam protestos em Charqueadas
MDB anuncia posição contrária ao projeto do Magistério no RS
Famurs declara apoio aos professores gaúchos
Caminhada em favor da educação acontece em General Câmara
Progressistas retiram apoio à proposta de reforma do plano de carreira do Magistério
Professores e apoiadores fazem caminhada em São Jerônimo
-------------
A orientação é para que os quatro deputados votem contra todos os projetos do pacote que, segundo a nota, retira direitos conquistados pelos servidores públicos estaduais.
— Nós estudamos a fundo o pacote do governo Leite e identificamos inúmeras injustiças. Afinal o projeto pune apenas os nossos servidores, sobretudo aqueles que ganham menos. Se há uma crise, é preciso chamar todos os agentes para o debate. Punir nossos servidores significa sucatear o serviço público — disse Juliana.
Por serem oposição desde o início do governo, os pedetistas não eram contabilizados pelo governador Eduardo Leite como possíveis apoiadores do pacote.
Na semana passada, o MDB e o PP, integrantes da base do governo, se posicionaram a favor de mudanças no pacotes de medidas, em especial ao que diz respeito ao Magistério.