Ministro de Infraestrutura promete R$ 8 milhões para reparos na barragem de Amarópolis, diz Lasier

DNIT inspecionou quatro eclusas no Rio Grande do Sul

Por Portal de Notícias 09/07/2019 - 13:52 hs
Foto: Banco de Dados
Ministro de Infraestrutura promete R$ 8 milhões para reparos na barragem de Amarópolis, diz Lasier
Metade das 44 comportas da barragem de Santo Amaro do Sul estão danificadas

Técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com apoio de uma equipe técnica do Corpo de Engenheiros do Exército dos Estados Unidos (USACE), realizaram no mês passado, visitas técnicas às quatro eclusas da autarquia situadas no Rio Grande do Sul: Amarópolis, Anel de Dom Marco e Fandango, no Rio Jacuí, e Bom Retiro do Sul, no Rio Taquari, conectando o Porto de Estrela até o Rio Jacuí. As inspeções buscaram verificar a necessidade de recuperação de instalações, que têm de 43 a 61 anos de operação. O próximo passo será subsidiar a contratação das intervenções necessárias.


LEIA TAMBÉM
Lasier pede socorro a ministro para evitar colapso da Barragem de Amarópolis

As visitas técnicas são reflexo da audiência realizada em 23 de maio entre o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e uma comitiva gaúcha formada por duas dezenas de políticos, técnicos e empresários, articulada pelo senador Lasier Martins (Podemos-RS). Eles foram reivindicar do governo a reforma emergencial das quatro grandes eclusas que estão sob iminente risco de colapso, sobretudo a maior delas, Amarópolis. Sua estrutura apresenta quadro de absoluto abandono há 40 anos, gerando prejuízos à navegação fluvial, à agricultura do arroz, à mineração e à pesca.
- Apresentamos um quadro preocupante ao ministro, que é reconhecido por sua presteza, e ele mostrou compreensão e interesse em buscar uma solução - comentou Lasier.
De acordo com senador, o titular da pasta da Infraestrutura prometeu remanejar R$ 8 milhões de verbas orçamentárias destinadas a reparos emergenciais para investir em Amarópolis, tão logo consiga levar as informações técnicas necessárias à equipe econômica do governo.
Metade das 44 comportas da barragem, na vila histórica de Santo Amaro do Sul, em General Câmara, estão danificadas, baixando o nível da água e prejudicando pescadores, mineradoras e agricultores.
Ainda de acordo com Lasier, a bancada gaúcha tem sido modelo de coesão e persistência na defesa das pautas de infraestrutura do Rio Grande do Sul, a começar da duplicação da BR-116, com importantes trechos sob a responsabilidade do Exército. Na lista de prioridades estão, ainda, a segunda Ponte do Guaíba, o Aeroporto de Passo Fundo, a duplicação da BR-290, a conclusão da BR-470, o prolongamento da BR-448, a duplicação da BR-285 de Vacaria a Santo Ângelo, o contorno de Pelotas e a travessia urbana de Santa Maria.