Cercamento eletrônico é tema de encontro com prefeitos de Triunfo e Montenegro

Câmeras devem ser instaladas nas entradas e saídas das cidades e em pontos estratégicos estipulados pelas autoridades locais

Por Portal de Notícias 17/04/2018 - 08:00 hs
Foto: Ascom/SSP
Cercamento eletrônico é tema de encontro com prefeitos de Triunfo e Montenegro
Intenção é que câmeras sejam instaladas nas entradas e saídas das cidades e em pontos estratégicos

O cercamento eletrônico nos municípios de Triunfo e Montenegro foi tema de uma reunião técnica nesta segunda-feira, 16, na sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado. Integrantes do comitê gestor do Sistema de Segurança Integrada com Municípios (SIM/RS) da SSP debateram com os prefeitos das cidades, que apresentaram as tecnologias que cada prefeitura já possui, além da melhor forma de gerir o sistema.

Nesta fase inicial, a ideia é que as câmeras sejam instaladas nas entradas e saídas das cidades e em pontos estratégicos estipulados pelas autoridades locais. Os equipamentos deverão contar com tecnologia já existente de leitura de placas, possibilitando o acompanhamento por câmeras de um veículo considerado suspeito.

O coordenador do comitê, coronel Alexandre Aragon, destacou a importância dos equipamentos na região, que conta com duas principais rodovias do Estado.

- Será possível fazer um mapeamento da BR-386 e ERS-124 e um controle do fluxo de carros naquele trecho, facilitando a captação de um veículo irregular ou em fuga, por exemplo - disse.

O SIM/RS tem como um de seus principais eixos o cercamento eletrônico em todo o estado. O sistema, criado em abril de 2017, propõe que as tecnologias instaladas em cada município se conversem, criando uma grande rede integrada.

- É uma forma de otimizar os recursos financeiros e humanos usando a tecnologia a favor da Segurança Pública - explicou Aragon.

Atualmente, o SIM/RS conta com a adesão de 176 municípios, além de 191 em processo de adesão.

O sistema funciona a partir de uma central de operações regional, dispensando a necessidade de servidores monitorando os equipamentos 24 horas por dia em cada cidade. Isso possibilitada que o efetivo esteja na rua fazendo o trabalho de policiamento ostensivo e atendendo ocorrências de forma rápida. Além disso, as imagens também devem ser espelhadas para o Centro Integrado de Comando e Controle da SSP, na capital.

Um novo encontro deve acontecer no final deste mês para detalhar as próximas etapas. A reunião também contou com a presença de autoridades da Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar, Guarda Municipal e Comitê de Fomento Industrial do Polo do Rio Grande do Sul (COFIP).