DNIT apresenta projeto de reforma da Barragem de Amarópolis

Com 18 eclusas danificadas as águas do Jacuí não são represadas, prejudicando produtores, mineradoras e pescadores

Por Portal de Notícias 06/02/2018 - 09:33 hs
Foto: Divulgação
DNIT apresenta projeto de reforma da Barragem de Amarópolis
Cherini participou do encontro de apresentação do projeto

Nesta segunda-feira, 5, aconteceu no Distrito de Santo Amaro, em General Câmara, uma reunião para tratar da reforma da Barragem de Amarópolis, avariada há vários meses. Das 44 comportas, 20 estão danificadas, prejudicando a navegação, a cultura do arroz, a extração de areia e a pesca. Isso impacta diretamente na arrecadação de impostos dos municípios de General câmara e cidades vizinhas, como Vale Verde, Butiá, Minas do Leão e São Jerônimo.

O coordenador da Bancada Gaúcha no Congresso, deputado Giovani Cherini (PR) participou do encontro, que contou com políticos, produtores e areeiros, com a Administração Hidroviária do Sul (AHSul), que apresentou o projeto para manutenção das eclusas e as dificuldades enfrentadas por quatro barragens: Amarópolis, Anel de Dom Marco e Fandango, no Rio Jacuí, além de Bom Retiro do Sul, no Rio Taquari. Para a restauração completa das quatro barragens, o valor supera a faixa de R$ 110 milhões. Mas a intenção da AHSul é sensibilizar o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil para a liberação de ao menos R$ 70 milhões, o que oportunizaria reparos pontuais.

Com a apresentação do projeto, a próxima etapa é a busca de recursos federais para as obras. Inicialmente o DNIT tinha um orçamento de R$ 20 milhões para reformar toda a barragem de Amarópolis, enquanto que seriam necessários R$ 30 milhões. No entanto, o Ministério dos Transportes teria apenas R$ 6,7 milhões destinados à reforma da barragem. Segndo a AHSul, são necessários aproximadamente R$ 10 milhões somente para recuperação das alças inoperantes.

O deputado federal Giovani Cherini será o porta-voz no ministério. O deputado levará as demandas ao ministro Maurício Quintella Lessa para pleitear os repasses.

Estiveram presentes o prefeito de General Câmara, Helton Barreto; o vice-prefeito Geraldo Dias, o coronel Arlindo Bonete Pereira, superintendente da AHSUL DO Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT; os vereadores João Rodrigues e Jerry Adriano; o presidente do Sindicato Rural,Luis Nogueira; o presidente do Sindicato dos Areeiros, Sandro Almeida; e o prefeito em exercício de Vale Verde, Roque Alvício e outras lideranças.

Leia também:

Lideranças buscam apoio do DNIT para reformar barragem de Amarópolis

Dnit deverá fazer manutenção na Barragem de Amarópolis