Movimento pela duplicação da BR-290 garante recursos para 2018

Emenda da Bancada Gaúcha para continuidade das obras será incluída no Orçamento Geral da União

Por Portal de Notícias 23/10/2017 - 08:26 hs
Foto: Banco de Dados
Movimento pela duplicação da BR-290 garante recursos para 2018
Verba para continuidade das obras foi incluída no Orçam,ento de 2018

Na tarde de terça-feira, 17, a Bancada Federal Gaúcha aprovou definiu as 17 emendas que estão garantidas no Orçamento Geral da União para 2018. Após um grande movimento regional, nascido em Butiá, que se transformou em uma pauta estadual, ficou garantida a entrada da obra de duplicação da BR-290, no trecho entre Eldorado do Sul e Pantano Grande, entre as prioridades do Congresso Nacional. O valor da emenda ainda não foi definido.

Os deputados definiram as duas emendas impositivas, que estão estimadas em R$ 162 milhões: a duplicação da BR-116, no trecho de Guaíba a Pelotas, e a construção de uma ponte sobre o Rio Uruguai, entre Porto Xavier e a cidade argentina de San Javier.

As outras 15 emendas, incluindo a da duplicação da BR-290, estão entre as não impositivas, mas foi comemorada pela vereadora de Butiá, Taila Medeiros, que é presidente da Frente Parlamentar Regional em Defesa da Duplicação da BR-290, e defendeu o projeto junto à Bancada Gaúcha na última semana, em Brasília.

- Finalmente abrimos os olhos dos nossos representantes em Brasília, que entenderam o tamanho deste problema que pode ser solucionado por eles - afirmou Taila.

Ela ressaltou que a garantia dos recursos para 2018 só foi possível porque a região entendeu a necessidade de união e de deixar as bandeiras partidárias de lado.

- Graças a um trabalho de formiguinha, iniciado em parceria com a população, câmaras de vereadores, empresários e sindicatos, chegamos até aqui, sendo que seguiremos lutando por este sonho de milhões de pessoas que transitam pela BR-290 - comemorou.

Esta é a primeira vez que a região Carbonífera é atendida em uma emenda de Bancada e Taila disse esperar que, desta vez, o Governo Federal cumpra sua parte com a emenda e insira a duplicação da BR-290 no Orçamento 2018.

- Concluímos uma grande etapa, que me enche de emoção. Obrigada a todas e todos que lutaram juntos, pois a nossa união finalmente fez a diferença, sendo que seguiremos lutando até ver esta rodovia duplicada - concluiu a vereadora.

O presidente da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, reiterou o apoio da entidade aos municípios na cobrança junto ao governo federal da execução das obras que receberão recursos de emendas para 2018 e destacou o empenho das lideranças locais.

- Parabenizamos todas as lideranças municipais envolvidas, que se mobilizaram para a conquista de investimentos essenciais ao desenvolvimento regional - ressaltou Salmo.

 

As 17 propostas

 Emendas impositivas

- Duplicação da BR-116, entre os municípios de Guaíba e Pelotas.

- Construção de ponte no Rio Uruguai entre Porto Xavier e a cidade de San Javier, na Argentina.

 Emendas não obrigatórias

- Projetos e obras para contenção ou amortização de cheias e inundações ao longo da bacia do Rio Caí.

- Verba para a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs).

- Aquisição de equipamentos para atenção especializada em saúde.

- Duplicação da BR-290 no trecho Porto Alegre/Pantano Grande.

- Verba de R$ 110 milhões para o Hospital São Lucas da PUCRS de Porto Alegre, sendo R$ 50 milhões para equipamentos e R$ 60 milhões para reformas em áreas como a de oncologia, cardiovascular, prevenção de doenças.

- Construção do Hospital do Câncer, do Grupo Hospitalar Conceição.

- Pavimentação de 23 km da Rota Panorâmica, que interliga a Rodovia Arnaldo Opptiz, em Canela, com a RS-115, em Três Coroas.

- Custeio de Hospitais Filantrópicos e Santas Casas do Estado.

- Implantação e adequação da BR-285, entre o município de São José dos Ausentes (RS) e a divisa com Santa Catarina.

- Compra de equipamentos e custeio do Instituto Federal Farroupilha  (IFFarroupilha), do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) e do Instituto Federal Rio Grandense (IFSul-Riograndense).

- Implantação de ligação asfáltica da Serra ao Vale do Taquari - Rota do Pão e do Vinho.

- Ampliação do Hospital Geral de Caxias do Sul.

- Pavimentação da BR-153, entre Erechim e Passo Fundo.

- Ponte entre Tramandaí e Imbé.

- Adequação da travessia urbana de Santa Maria (BR-158/BR-287), no valor de R$ 15 milhões.