Produtos químicos da Masterzinc podem contaminar a água

Além de gerar riscos ao lençol freático, os produtos produzem um cheiro forte na área onde eram as operações da empresa

Por Portal de Notícias 21/07/2017 - 15:57 hs
Foto: Divilgação
Produtos químicos da Masterzinc podem contaminar a água
Ácido Clorídrico, cloreto e zinco e de amônio podem vazar e atingir o lençol freático

Cauê Florisbal

 

No último dia 13 de julho, o vereador Jozi Marins (Esporinha, PSB) esteve no prédio onde estava instalada a empresa Masterzinc, no Distrito Industrial da Estrada da Produção, em Charqueadas. Segundo o vereador, milhares de litros de produtos tóxicos considerados perigosos estão expostos.

- Isso é muito ruim, pois além de causar danos ambientais, algumas crianças que às vezes vão lá brincar podem cair dentro dos tanques, pois tem um portão aberto e qualquer pessoa pode entrar – afirma Jozi Marins. 

Na sessão da Câmara de Vereadores da última terça-feira, 18, Marins apresentou uma proposição pedindo que seja feita, com urgência, a fiscalização do local.

Segundo o engenheiro ambiental Cássio Souza, coordenador do Meio Ambiente da Prefeitura de Charqueadas, integrantes da então Secretaria Municipal do Meio Ambiente estiveram no pátio da empresa, no dia 19 de junho, para averiguar a situação do local. Uma das preocupações é o risco de derreamento dos produtos, que, segundo Souza, até o momento não ocorreu.

Após a visita, foi encaminhado um ofício para o Ministério Público (MP) relatando que durante a vistoria foi constatado que existe o risco de derramamento das substâncias químicas que eram utilizadas no processo de galvanização: ácido clorídrico, cloreto de zinco e cloreto de amônio. Além de gerar riscos ao lençol freático, os produtos existentes produzem um cheiro forte na área onde eram as operações da Masterzinc.

A Fepam também recebeu um ofício notificando sobre a situação do local. Segundo Souza, a Coordenadoria de Meio Ambiente aguarda resposta do órgão estadual. Em relação ao licenciamento da empresa, Souza destaca que essa tarefa compete ao governo do estado por ser uma empresa de grande porte.

 

A empresa

A Masterzinc era uma empresa de galvanização e funcionava no Distrito Industrial de Charqueadas. Chegou a ter aproximadamente 200 trabalhadores e encerrou as atividades no início de 2016, quando ainda tinha cerca de 50 colaboradores.

  

Matéria relacionada

 

Trabalhadores e Masterzinc fecham acordo