“Coinha” é condenado a 19 anos de prisão por homicídio

Tribunal do Júri também condenou Volnei Gaide Delgado pelo mesmo crime

Por Portal de Notícias 19/05/2017 - 15:23 hs

Na terça-feira, 16, o Tribunal do Júri de São Jerônimo condenou dois homens pela morte de Anderson Luís de Souza Correa, 25 anos, ocorrida em 4 de dezembro de 2012, no bairro Chananeco, com um tiro na cabeça.

Após os debates entre o membro do Ministério Público e a defesa dos acusados, os jurados chegaram à conclusão de que os réus eram culpados pelo homicídio.

Rodrigo Gaide, conhecido como “Coinha” e um dos líderes do tráfico de drogas na região, foi condenado a 19 anos e 20 dias de reclusão e 9 meses e 22 dias de detenção. Já Volnei Gaide Delgado, foi condenado a 6 anos, 9 meses e 20 dias de reclusão e 7 meses e 17 dias de detenção.

O julgamento ocorreu no Fórum de São Jerônimo e foi presidido pela juíza de Direito Carla Cristina Ortnau Cirio e Santos. Pelo Ministério Público atuou o promotor de Justiça Fernando Cesar Sgarbossa.

 

Coinha é acusado de outro homicídio

 

“Coinha” também é acusado de ser o responsável de, pelo menos, mais um homicídio em São Jerônimo. Segundo o delegado Marco Schalmes, em 2015 ele foi indiciado pela Delegacia de Polícia de São Jerônimo por ser o mandante do crime de homicídio contra a menina Laís da Silva de Souza, 14 anos, morta com dois tiros no abdômen na noite de 1º de junho de 2015, e de tentativa de homicídio do seu namorado, no Bairro Princesa Isabel. Durante o inquérito policial ficou demonstrado que Coinha ordenou que dois comparsas executassem as vítimas em virtude de dívidas de drogas. Esta ação tramita na Vara do Júri e deverá ser julgada em breve.

 

Notícia relacionada

Realizada reconstituição do assassinato da menina Laís Souza