Justiça confirma atividade especial e revisão de aposentadoria a segurado que trabalhava com carvão

Por Portal de Notícias 20/04/2017 - 14:02 hs

Um segurado do Rio Grande do Sul que trabalhou durante 9 anos com a extração de carvão obteve na Justiça o reconhecimento de que exerceu atividade especial e o direito de ter sua aposentadoria recalculada. O julgamento da 6ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ocorreu no dia 23 de março.

Ele ajuizou ação após ter o pedido de revisão do benefício previdenciário negado administrativamente.  O Instituto alega que o período não deve ser considerado como atividade especial, pois não teria ocorrido exposição habitual e permanente ao mineral.

 

Segundo o relator do caso, desembargador federal João Batista Pinto Silveira, “a perícia constatou a exposição habitual e permanente a carvão mineral e seus derivados e a alegação do INSS não tem qualquer respaldo probatório”.