Braskem inaugura obras de melhoria na AECO, em Triunfo, nesta terça

Petroquímica investiu R$ 130 mil em obras de infraestrutura e aquisição de equipamentos para a cooperativa

Por Lucas Essvein 23/01/2017 - 14:52 hs
Foto: Matias Kramer / Divulgação
 Braskem inaugura obras de melhoria na AECO, em Triunfo, nesta terça
Expectativa é triar mais de 68 mil kg de material por mês

A Braskem e a Cooperativa Mãos Verdes inauguram nesta terça-feira, 24, a partir das 15h30min, as obras de melhoria realizadas na Associação Ecológica da Ponte Seca (AECO), cooperativa de reciclagem de Triunfo. As reformas tiveram início em junho do ano passado e foram concluídas em janeiro deste ano. No total, a petroquímica investiu R$ 130,8 mil em melhorias físicas do galpão e aquisição de novos equipamentos. A inauguração contará com a participação do prefeito de Triunfo, Valdair Kuhn, e do diretor de Relações Institucionais da Braskem no RS, João Ruy Freire.

Entre as melhorias realizadas no período, estão as reformas nas instalações voltadas para a segurança e produtividade da AECO, como aprimoramento da rede elétrica, com adequação de pontos de iluminação, e manutenção do telhado. Também foi feito um prolongamento da área de triagem com instalação de uma mesa de rasgação e ampliação em dois  metros da esteira. Foram adquiridos equipamentos para o local – um novo cesto, que possibilita melhorias no processo de triagem, e uma guilhotina semi-industrial, para ganhos de resultado no corte de plástico pré-aglutinação. A Braskem doou também uniformes e equipamentos de proteção individual (EPIs) para os trabalhadores do galpão.

 

Volume reciclado

Atualmente, a AECO trabalha com um volume mensal de resíduos de 34.300 kg, sendo 27,3 mil de material reciclável e comercializado, e sete mil de rejeito. O faturamento mensal da cooperativa, dividido entre 18 trabalhadores, é de R$ 15.040,00, gerando uma renda de R$ 835,00 por pessoa/mês. Com as melhorias implementadas no galpão e o aprimoramento da coleta seletiva da cidade, a expectativa é de que a quantidade de material triado pela AECO pule para 68.800 kg, gerando uma renda mensal de R$ 1.400,00 para os trabalhadores – um aumento de 70% em comparação ao atual.

- Essa parceria de longa data já gerou muitos frutos para as pessoas que trabalham na cooperativa de Triunfo. Queremos ver a AECO crescer ainda mais, com mais produtividade e segurança - diz João Ruy Freire, da Braskem.

Para a coordenadora da AECO, Elenara dos Santos Silva, as melhorias no galpão aumentaram a autoestima e a segurança dos trabalhadores que compõem a cooperativa.

- Essas melhorias já se traduzem em qualidade de vida para nós, pois com o aumento da produtividade teremos maior estabilidade e aquela garantia de renda-extra no final do mês. É uma mudança de realidade - afirma.

 

Parceria de longa data

A parceria entre Braskem e AECO surgiu em 2014, e desde então vem gerando aumento de renda e de produtividade para a cooperativa de Triunfo. Em 2015, a empresa formalizou um investimento de R$ 55 mil com a doação de uma prensa e uma esteira para o local. Os recursos foram investidos também na modernização de outros equipamentos, treinamentos, capacitação de processos produtivos, gestão e na promoção de uma campanha de divulgação e conscientização sobre a coleta seletiva da cidade.

Além do que é produzido pelo município, a AECO recebe também o material gerado pelas unidades da Braskem no polo petroquímico de Triunfo, principalmente plástico pós-consumo e papéis de escritório – cerca de 15 toneladas/mês. Desde 2015, as demais empresas do polo, como Videolar-Innova, Arlanxeo e White Martins, também passaram a encaminhar seus resíduos sólidos para a cooperativa, fruto de um convênio firmado entre a prefeitura da cidade e as empresas petroquímicas.